Atletismo -

Londrina Atletismo filia ao CPB e terá provas paralímpicas

Provas de arremesso de peso e lançamento do disco serão as primeiras desenvolvidas pela equipe londrinense

Reportagem local
Reportagem local

O Projeto Londrina Atletismo agora também é paralímpico. A equipe vai passar a contar em sua grade de treinamentos com provas do para-atletismo. A inclusão será feita realizada após a filiação do projeto junto Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB, oficializada na última semana.

Reconhecido historicamente como um dos grandes formadores de atletas do atletismo nacional, o Projeto Londrina Atletismo já planejava englobar modalidades do para-atletismo desde 2018, quando iniciou os trâmites legais para a inclusão.



Vinícius Marigo é destaque no arremesso de peso paralímpico
Vinícius Marigo é destaque no arremesso de peso paralímpico | Assessoria de Imprensa/Divulgação
 

O gestor do projeto, Gilberto Miranda, lembra que as modalidades paralímpicas têm crescido muito em número de adeptos e que a inclusão é mais uma conquista da equipe.

“As modalidades paralímpicas são uma realidade crescente, com atletas tecnicamente muito fortes e desenvolvidos. E o nosso projeto sempre teve um DNA social muito presente, e a gente acredita que essa ação pode ser, além da oportunidade técnica, de detecção de novos talentos, também uma oportunidade de inclusão através do esporte para tantos jovens”, observou.

Inicialmente o objetivo é trabalhar as provas de arremesso de peso e lançamento do disco, nas categorias F45 e F46 – para atletas amputados ou deficiência nos membros superiores. O responsável pelos treinamentos será o assistente técnico Felipe Casonato, que está fazendo curso de habilitação técnica no atletismo paralímpico.

“São provas bastante específicas, que exigem uma preparação ampla no quesito técnico para os atletas. A gente espera que em breve tenhamos atletas se destacando nestas provas defendendo a equipe de Londrina”, projetou Casonato.

O Projeto Londrina Atletismo já conta em seu time com um dos principais atletas do atletismo paralímpico do Brasil: Vinicius Marigo, atual campeão brasileiro nas Paralimpíadas Escolares, nas modalidades arremesso de peso e lançamento do disco, categoria F46.

“O Vinícius é um exemplo. Começou conosco há dois anos e já mostra uma evolução grande. Ele tem muito potencial a ser desenvolvido, e agora com esse trabalho mais direcionado, poderemos planejar melhor os treinos e também as competições”, detalhou o auxiliar.

A previsão é de que treinos para as provas paralímpicas sejam iniciados junto com a retomada das atividades presenciais no Centro de Treinamento da equipe, hoje instalado na pista de atletismo da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

“Queremos realizar um trabalho de excelência também no Paralímpico, dentro das categorias que vamos trabalhar”, encerrou Miranda.



O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo