|
  • Bitcoin 121.439
  • Dólar 5,0555
  • Euro 5,2186
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 30/07/2022, 15:21

Liverpool bate City e leva Supercopa da Inglaterra em jogo com VAR demorado

PUBLICAÇÃO
sábado, 30 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O jogo que abriu a temporada 2022/23 do futebol inglês mostrou que Liverpool e Manchester City mantiveram o bom futebol apresentado no último ano. Em um jogo intenso e com chances para os dois lados, o time vermelho levou a melhor, vencendo nesta terça-feira (30) por 3 a 1 no King Power Stadium, em Leicester, para garantir o título da Supercopa da Inglaterra.

As duas melhores equipes da atualidade na Inglaterra mostraram que as férias não reduziram a intensidade de seus jogos. Com um começo melhor, os jogadores vermelhos abriram o placar aos 21 minutos do primeiro tempo, em chute de fora da área de Alexander Arnold. O City pressionou, mas foi para o vestiário com a derrota parcial.

Na etapa final, a estrela de Guardiola brilhou. Foden e Julián Álvarez participaram do lance que garantiu o gol do empate aos 24 minutos. Em campo, foi marcado impedimento, porém o VAR analisou por cerca de três minutos e confirmou o tento. Contudo, Klopp também mostrou seu brilho com a entrada de Darwin Núñez, que entrou bem, anotou o terceiro gol nos acréscimos e ainda cabeceou a bola que originou o pênalti para o segundo gol do Liverpool, também marcado após análise demorada do árbitro de vídeo. Na cobrança, aos 37 minutos, Salah mandou para a rede.

A final entre Liverpool, campeão da Copa da Inglaterra, e City, vencedor da Premier League, serviu de tira-teima entre as equipes que foram as protagonistas do futebol inglês na última temporada. O time vermelho também venceu a Copa da Inglaterra e foram vice da Premier League, com apenas um ponto a menos do primeiro colocado (93 a 92).

Os times se enfrentam três vezes na última temporada, com dois empates por 2 a 2 na Premier League uma vitória para a equipe de Jürgen Klopp por 3 a 2, que eliminou os Citizens na semifinal da Copa da Inglaterra.