Lance/Sportpress
Do Rio de Janeiro
O Flamengo tenta manter sua condição de líder do Campeonato Carioca no clássico com o Botafogo, hoje, às 17 horas, no Maracanã. Mas a partida também é decisiva para o alvinegro, que não pode sequer pensar na derrota sob pena de afastar-se de vez da luta pela conquista do primeiro turno.
‘‘Perdemos para o Fluminense (2 a 0) e, num campeonato corrido como este, não podemos nos dar ao luxo de uma nova derrota num clássico’’, disse o meia botafoguense, Djair. Sem poder contar com o lateral-direito Vítor, que está contundido, o técnico Joel Santana insistirá com Marcelinho Paulista no setor. O treinador está preocupado, pois a vitória sobre o Olaria – 2 a 1 –, na última quinta-feira não o convenceu. ‘‘É preciso mais ânimo, pois tudo que vier daqui para frente será decisivo. Ao mesmo tempo tenho que passar tranquilidade ao grupo’’, observou.
Enquanto no Botafogo, Joel Santana parte para o improviso, no Flamengo sobram opções para o técnico Paulo César Carpegiani. Principalmente no meio-campo, mais de dez jogadores disputam quatro vagas. Ao que parece, Leandro e Petkovic têm posição garantida, com boas possibilidades também para Rocha. O volante Mozart (foto)>, ex-Coritiba, disputa a posição com Catê.
O grande problema está na lateral-esquerda, pois Athirson sofreu um princípio de estiramento muscular e tem poucas chances de jogar – foi inclusive cortado da Seleção Brasileira. Leonardo Inácio será o substituto.
A rodada, que foi aberta ontem com Vasco e Americano, será completada hoje com Madureira x Cabo Frio, Volta Redonda x Fluminense, Olaria x Bangu e Friburguense x América.