|
  • Bitcoin 147.657
  • Dólar 4,8635
  • Euro 5,1360
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 26/03/2022, 13:16

Leclerc volta a ser o mais rápido no 3º treino após incertezas sobre GP

PUBLICAÇÃO
sábado, 26 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Após incertezas sobre a continuidade do GP da Arábia Saudita da Fórmula 1, os pilotos voltaram à pista em Jeddah, neste sábado (26), para o terceiro treino livre. Charles Leclerc, da Ferrari, que liderou os dois primeiros treinos livres, voltou a ser o mais rápido. Ele anotou 1min29s735 na última sessão antes do treino classificatório.

Max Verstappen, da Red Bull, vinha em primeiro até os minutos finais e fechou em segundo (1min29s768), seguido pela outra Red Bull, de Sergio Perez (1min29s833). Lewis Hamilton, da Mercedes, foi apenas o 11º, com 1min30s707.

Ontem, uma base petrolífera localizada a 11,2 km do circuito foi bombardeada. O depósito da Aramco, que é patrocinadora da F1 e da equipe Aston Martin, foi alvo de um ataque a míssil.

O grupo houthis, do Iêmen, país que está em guerra contra uma coalizão liderada pela Arábia Saudita e apoiado pelo Irã, assumiu a responsabilidade. A ação colocou em xeque o GP saudita. Após reunião de quase quatro horas, os pilotos resolveram seguir com o programado, mas demonstraram preocupação.

O TERCEIRO TREINO LIVRE

No início do treino, as duas Ferraris anotaram os melhores tempos, com Carlos Sainz à frente de Leclerc, mas logo o monesgasco superou o espanhol.

Pouco depois, Verstappen conseguiu superar Leclerc e foi o primeiro piloto a baixar dos 1min30s, assumindo a ponta.

Na segunda metade do treino, foi a vez de Valtteri Bottas, da Alfa Romeo, se destacar e aparecer em segundo. Mas ele logo foi superado por Perez e Leclerc. O piloto da Ferrari ainda brilhou na reta final para cravar o melhor tempo.

A sessão ainda contou com Pierre Gasly, da AlphaTauri, empurrando o carro depois de parar na saída dos boxes com um problema no eixo de transmissão.

Os pilotos voltam à pista para o treino classificatório hoje, às 14h (de Brasília). A corrida está marcada para amanhã, também às 14h.