|
  • Bitcoin 121.259
  • Dólar 5,0515
  • Euro 5,2137
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 12/07/2022, 07:11

LEC e Ituano estão entre as piores defesas da Série B

Adversários deste sábado (16), em Itu, só não foram mais vazados do que Operário, Náutico e CRB

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de julho de 2022

Edson Neves - Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

Foto: Sheyla Dantas/LEC
menu flutuante

A partida entre Ituano e Londrina, no próximo sábado (16), às 11 horas, no Estádio Novelli Junior, em Itu (SP), marcará o duelo de equipes que estão entre as têm as piores defesas da Série B. Tanto o Galo Rubro-Negro quanto o Tubarão já sofreram 19 gols na competição, com média de mais de 1 gol por partida, e se juntam ao Novorizontino e Guarani, que possuem a mesma marca. Acima dessas equipes, apenas Operário (atual 13º colocado), Náutico (17º), ambos com 21 gols sofridos em 17 rodadas, e o CRB (9º), que sofreu 20. Para se ter uma ideia, a melhor defesa do campeonato até aqui é a do Grêmio, com apenas cinco gols sofridos.

Imagem ilustrativa da imagem LEC e Ituano estão entre as piores defesas da Série B Imagem ilustrativa da imagem LEC e Ituano estão entre as piores defesas da Série B
|  Foto: Sheyla Dantas/LEC
 

O cenário de irregularidade na defesa do LEC também se mostra nas vitórias. Dos seis triunfos na Série B, apenas na estreia contra o Náutico (vitória por 2 a 0) e na partida atrasada contra a Chapecoense (vitória por 3 a 0, pela 10ª rodada) é que o alviceleste não teve suas redes balançadas. Nos quatro empates conquistados até aqui, o único jogo sem sofrer gol foi o apático 0 a 0 contra o CSA-AL, em casa, pela 16ª rodada.

Pelo lado da equipe de Itu, a história não é muito diferente, mas um pouco melhor que o alviceleste. Das quatro vitórias na competição, em três o rubro-negro não sofreu gols (contra Bahia, Brusque e Guarani). Enquanto nos seis empates, em dois a defesa da equipe do técnico Mazola Júnior não foi vazada: contra CSA e Náutico. Assim como o LEC, a equipe paulista também perdeu na última rodada - 2 a 0 fora de casa para o Sampaio Corrêa (MA) - e vive um drama, já que mesmo estando na 14ª colocação da tabela, tem os mesmos 18 pontos do Náutico, que é a primeira equipe do Z4. 

Com a semana livre para focar na correção dos erros defensivos, o LEC precisará ter mais atitude contra o Ituano, que não vence em casa desde 29 de abril, quando superou o Bahia por 1 a 0. Desde então, o adversário do Tubarão disputou outras cinco partidas no Novelli Júnior, com três empates e duas derrotas.

COPA DO BRASIL

Dois duelos nesta terça-feira (12) abrem os jogos da volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Às 20h30, o Athletico enfrenta a equipe do Bahia na Arena da Baixada. Os comandados do técnico Felipão têm a vantagem de classificar precisando apenas de um empate contra o tricolor baiano. No jogo de ida, na Arena Fonte Nova, os paranaenses venceram de virada por 2 a 1. O outro duelo será entre dois campeões da Copa do Brasil. O maior vencedor da competição, Cruzeiro, colocará seus seis títulos à frente do Fluminense, vencedor em 2007. No jogo de ida, no Maracanã, o Tricolor carioca venceu por 2 a 1