São Paulo, 04 (AE) - O Al Nassr, da Arábia Saudita, último campeão da Copa da ásia, abre o Mundial de Clubes contra o Real Madrid, amanhã, às 18h45, no Morumbi, com a ambição de tentar chegar à final da competição no Rio.
Apesar de o técnico iugoslávio Milan Zivadinovic admitir que o time espanhol e o Corinthians são os candidatos a disputar a vaga do Grupo A, ele acredita que sua equipe poderá causar bom impacto nesta quarta à noite, surpreendendo o Real Madrid. É que o adversário é o favorito, mas não afastamos de forma alguma a possibilidade de conseguirmos a vitória", disse o treinador da Arábia Saudita na entrevista coletiva de hoje à tarde no Hotel Intercontinental, onde o Al Nassr e o Raja Casablanca estão concentrados. Vamos mostrar grandes jogadores como o Bahja e Saib Moussa.!"
Milan não quis antecipar como será o esquema da sua equipe amanhã à noite. Mas garantiu que o Al Nassr, que fez uma fase de adaptação antes do Mundial em águas de Lindóia, afirmou que seus atletas estão prontos para impor um bom ritmo de jogo. Por causa da disputa do Mundial, os jogadores do Al Nassr, quase todos muçulmanos, terão de quebrar o Ramadã, que, neste período, proíbe os seguidores da seita, de se alimentar e a até tomar água antes do pôr-do-sol. O Ramadã, segundo os integrantes da delegação Al Nassr, deverá terminar sábado. Por causa da preparação para as partidas de amanhã e de sexta-feira contra o Raja Casablanca, os atletas terão de alimentar normalmente, para compensar o desgaste físico. Segundo os dirigentes do clube árabe, os atletas posteriormente cumprirão o jejum do Radamã, quando voltarem ao país, após o Mundial.
O meia Bahja é considerado o grande destaque do Al Nassr. Ele disse hoje que está otimista na partida contra o Real Madrid. O atleta também ressaltou que sua equipe poderá atrapalhar os planos do time espanhol, que deve estar mais preocupado em lutar pela vaga contra o Corinthians. "Nós vamos entrar em campo com a certeza de que podemos vencer, esse é o objetivo de estarmos no Mundial", disse o atleta.
Al Nassr - Babhr Mohamed; Al Shokia, Hadi Sharify, Mansour Mousa e Muhaissen; Fahad, Fuad, Bahja e Mousa; Abdallah s Saib Mousa. Técnico - Milan Zivadinovic.