São Paulo, 1 (AE) - As mudanças no trajeto do Rali Paris-Dacar-Cairo 2000, que começa na quinta-feira, deverão fazer com que a prova seja uma das mais perigosas e com maior número de acidentes graves de sua história. Essa é a expectativa do piloto brasileiro Klever Kolberg, que disputará sua 13.ª edição do rali mais perigoso do mundo.
Nos outros anos, a competição tinha largada na Europa e chegada em Dacar, um trajeto norte-sul. Nesta edição, os competidores sairão da capital do Senegal quinta-feira e a chegada, prevista para o dia 23, será no Cairo, Egito, em frente das pirâmides. No trajeto, os pilotos atravessarão a áfrica de oeste à leste pela primeira vez. "A prova será competitiva desde o início, ao contrário dos anos em que tínhamos as etapas européias", diz Klever.
A mudança de percurso este ano foi definida pelos organizadores (Thierry Sabine Organization) para garantir a segurança dos competidores. "Eles alegaram que o norte da áfrica passa por um período de instabilidade política e corríamos risco, se atravessássemos a área", explica Klever. Outro trecho suprimido foi o da Mauritânia, onde várias equipes foram assaltadas no ano passado. "Acho que essa será a maior perda no rali deste ano, porque era onde havia a seleção dos melhores." No entanto, para não quebrar totalmente a tradição, a inspeção dos veículos foi feita em Paris.
Klever não acredita que a alteração vá prejudicar os brasileiros na prova. "Mas, sem dúvida, diminui bastante a promoção dos pilotos europeus que estão na competição." As mudanças, segundo ele, não descaracterizam a prova, que sempre teve como atração principal os desafios, cada vez mais difíceis, da travessia do deserto.
O piloto diz que as etapas egípcias já estão tirando horas de seu sono. Klever conheceu a região quando participou do Rali dos Faraós em 1990 e 1991. "É um perigo porque você está pilotando em uma velocidade violenta e, do nada, aparecem grandes erosões, verdadeiros buracos", conta. A expectativa do brasileiro é de que os acidentes mais graves aconteçam neste trecho.