|
  • Bitcoin 102.814
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 09/06/2022, 18:03

Jô abre mão de aproximadamente R$ 14,3 mi após rescisão com o Corinthians

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 09 de junho de 2022

RICARDO PERRONE E YAGO RUDÁ
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O centroavante Jô abriu mão de algo em torno de R$ 14,3 milhões previstos em contrato ao rescindir amigavelmente com o Corinthians na manhã desta quinta-feira (9). Os valores correspondem aos 18 meses de vigência do acordo, antes válido até o dia 31 de dezembro de 2023, e também pelos pagamentos de 13º salário.

Mensalmente, o ex-camisa 77 do time alvinegro recebia por volta de R$ 700 mil pelos serviços prestados ao clube do Parque São Jorge. Ao concordar com a rescisão com o Corinthians, o centroavante deixa de receber sete salários referentes ao ano de 2022 (junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro) e mais 12 da próxima temporada. Soma-se à quantia o equivalente aos pagamentos de 13º salário.

Apesar de terem batido o martelo quanto ao atual contrato, Corinthians e Jô ainda possuem pendências financeiras. O Alvinegro possui uma dívida com o atleta referente à sua segunda passagem pelo clube ao longo de 2017 —ano de conquista do Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro— e negocia o pagamento desses valores. A quantia é mantida em sigilo.

O atacante não tem planos de encerrar a carreira, mas ainda não negocia com outros clubes. O Corinthians, por sua vez, deve ir ao mercado da bola em busca de um centroavante com características similares às de Jô, já que o elenco agora conta apenas com Júnior Moraes para a posição.