A polícia de Israel deteve 13 torcedores que, no último domingo, gritavam insultos contra os árabes, numa partida de futebol. O incidente refletiu o momento tenso pelo qual passa o país, que há duas semanas vem sendo palco de violentos combates entre judeus e palestinos. Os torcedores do time Beitar Jerusalém pregaram a morte dos árabes e levantaram cartazes com ameaças a dois membros do parlamento. Depois de prestarem depoimento, os 13 detidos foram liberados.