|
  • Bitcoin 104.939
  • Dólar 5,2080
  • Euro 5,4405
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 11/06/2022, 23:06

Inter faz gol relâmpago, bate Flamengo na estreia de Dorival e dorme no G4

PUBLICAÇÃO
sábado, 11 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Dorival Júnior estreou com derrota no comando do Flamengo. Neste sábado (11), o Internacional venceu por 3 a 1, no Beira-Rio, pela 11ª rodada do Brasileirão, e dorme no G4. Wanderson, duas vezes, e Pedro Henrique, fizeram os gols do Inter. Andreas Pereira fez o gol do Fla.

A vitória do Colorado foi construída com um gol marcado antes do primeiro minuto de jogo. Foi o 15º jogo de invencibilidade do time gaúcho, considerando todas as competições que disputa. Já o Rubro-Negro perdeu o terceiro jogo consecutivo no Brasileirão.

Com 18 pontos, o Inter pula para o terceiro lugar na classificação, mas pode deixar o G4 com os jogos de domingo. Já o Flamengo é 15º com 12 pontos.

O próximo jogo do Inter será na quarta-feira (15), contra o Goiás, fora de casa. Já o Flamengo recebe o Cuiabá, no mesmo dia, no Rio de Janeiro.

FOI BEM: WANDERSON

Se o Inter sofre para firmar um centroavante, seu ponta esquerda resolveu. Wanderson marcou duas vezes e virou artilheiro do time na temporada. "A gente sabe que o adversário é difícil, mas começamos com intensidade alta. Fizemos um bom jogo, mas fomos eficientes. Fico feliz de ajudar com dois gols e espero continuar assim", disse na saída do primeiro tempo.

FOI MAL: EVERTON RIBEIRO

Everton Ribeiro foi quem errou o passe que originou a jogada do segundo gol do Inter. A bola foi perdida numa zona perigosa de campo.

DORIVAL OPTA POR VELHOS CONHECIDOS

Sem tempo para um treino sequer, Dorival Jr. optou pela escalação de medalhões em sua estreia. Ele promoveu a volta de Diego Alves, que não teve culpa nos gols, e apostou em David Luiz e Filipe Luís, jogadores que já vinham perdendo espaço com as chegadas de Pablo e Ayrton Lucas, respectivamente. O time fez uma partida recheada por erros técnicos individuais e por muito pouca inspiração. Um pouco melhor arrumado na etapa final, o time de Dorival até tentou uma reação, mas faltou qualidade para criar possibilidades reais.

ANIVERSÁRIO DE MANO MENEZES

Mano Menezes completou 60 anos. No comando do Inter desde abril, ele foi responsável por estabilizar o time após um início de temporada muito ruim com Alexander Medina no reservado. No clube do Sul, ele está invicto desde sua estreia.

O JOGO DO INTER

O Inter praticamente já começou o jogo ganhando. Com menos de um minuto de partida, Wanderson já tinha colocado na rede o primeiro gol do jogo. Com isso, o time de Mano Menezes se sentiu seguro para atuar como gosta, protegendo seu gol e explorando o contra-ataque. Foi assim que nasceu o segundo gol e mais algumas chances. Alan Patrick como organizador de jogadas e a grande noite de Wanderson ajudaram o time de Porto Alegre.

O JOGO DO FLAMENGO

Ao levar o primeiro gol antes do primeiro minuto de jogo, o Flamengo viu seu plano ruir logo no início e viu o Inter dominar completamente as ações no primeiro tempo. Sem nenhuma articulação e muito lento na troca de passes, o Fla foi uma equipe inofensiva e que marcou muito mal um adversário que soube aproveitar os espaços generosos deixados pelo Rubro-negro. A equipe se arrumou um pouco mais com a saída de Thiago Maia, que deu lugar a Marinho. O time ensaiou uma pressão, diminuiu a desvantagem, mas faltou futebol para sair do Beira-Rio com um resultado melhor.

MUITO FRIO EM PORTO ALEGRE

O jogo foi marcado por temperaturas baixas. O frio da capital do Rio Grande do Sul, potencializado pela proximidade do Beira-Rio com o Guaíba, derrubaram os termômetros. A temperatura em Porto Alegre durante o jogo esteve abaixo de cinco graus, mas a sensação térmica foi bem inferior.

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa/SP)

Cartões amarelos: Matheuzinho, Marinho (FLA); Bustos, De Pena, Taison (INT)

Gols: Wanderson, do Inter, com 46 segundos de jogo; Wanderson, do Inter, aos 21 minutos do primeiro tempo; Andreas Pereira, do Flamengo, aos 12 minutos do segundo tempo; Pedro Henrique, do Inter, aos 46 minutos do segundo tempo

Internacional

Daniel; Bustos (Moledo), Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Rodrigo Dourado (Johnny), De Pena, Alan Patrick (Alemão) e Wanderson (Taison); David (Pedro Henrique). Técnico: Mano Menezes

Flamengo

Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís (Ayrton Lucas); Arão (Pedro), Thiago Maia (Marinho), Andreas e Everton Ribeiro (Diego); Bruno Henrique e Gabi. Técnico: Dorival Júnior