|
  • Bitcoin 104.381
  • Dólar 5,1827
  • Euro 5,4076
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 30/05/2022, 22:00

Inter cede empate ao Atlético-GO e chega a 5 jogos sem vencer no Brasileiro

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 30 de maio de 2022

MARINHO SALDANHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Internacional não vence no Brasileiro há cinco jogos. Nesta segunda-feira (30), o time gaúcho saiu na frente, mas levou o empate do Atlético-GO, no Beira-Rio, pela oitava rodada da competição. O 1 a 1 teve gols de Wanderson, para o time colorado, e Churín, pelo clube goianiense.

O resultado frustrou a torcida presente no estádio vermelho. Se vencesse, o time de Mano Menezes colaria no G4. Agora, soma 11 pontos e ocupa o 12º lugar. Foi o quinto empate seguido na competição. Já o time goiano tem sete pontos e aparece em 17º na classificação.

O Inter tem novo compromisso no domingo (5), quando enfrenta o Red Bull Bragantino. O Atlético-GO volta a campo no sábado (4), para encarar o Corinthians.

O Inter comandou as ações durante o início do jogo. De cara, passou a criar oportunidades até abrir o placar. Mas o bom jogo durou pouco. O time recuou demais logo em seguida e deu campo para o adversário, que fechou o primeiro tempo lamentando as chances perdidas, seja por boas defesas de Daniel ou por ter acertado a trave. Na etapa final, o time de Mano Menezes seguiu recuado e sofreu até levar o gol de empate.

O goleiro Daniel, do Inter, foi alvo de críticas recentes da torcida. Por falhas em momentos decisivos, como na eliminação da Copa do Brasil, em um Gre-Nal da semifinal do Campeonato Gaúcho, ou no jogo contra o Cuiabá pelo Brasileiro, ele teve titularidade questionada pelos aficionados. Mas Mano Menezes deu segurança para seu camisa 1 e contra o Atlético-GO ele empilhou boas defesas.

Um dos pilares do Inter, Carlos de Pena não foi bem. Depois de errar alguns passes e não dar segurança ao meio-campo, acabou substituído.

O Atlético-GO começou assustado. Sem conseguir encontrar seu espaço em campo, foi dominado pelo Inter no início da partida. Aos poucos, porém, conseguiu encaixar a marcação e usou muito o lado direito de ataque para criar. Teve várias oportunidades desperdiçadas, bola na trave e pressionou atrás dos gols. Tanto fez, que conseguiu.

Diego Churín marcou seu primeiro gol com a camisa do Atlético-GO. O centroavante ex-Grêmio não balançava as redes desde o tempo de Porto Alegre. A seca durava mais de um ano.

INTERNACIONAL

Daniel; Bustos, Vitão, Bruno Méndez, Renê; Dourado, Edenilson, De Pena (Pedro Henrique), Alan Patrick (David); Wanderson (Wesley Moraes) e Matheus Cadorini (Taison). T.: Mano Menezes

ATLÉTICO-GO

Ronaldo; Hayner, Wanderson, Ramon Menezes e Jefferson (Arthur Henrique); Baralhas (Shaylon), Marlon Freitas e Jorginho (Edson Fernando); Airton (Léo Pereira), Wellington Rato e Churín. T.: Jorginho.

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

Auxiliares: Naílton Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)

VAR: Wagner Reway (PB)

Cartões amarelos: Hayner e Jorginho (ATL); Pedro Henrique (INT)

Gols: Wanderson (INT), aos 11'/1ºT; Churín (ATL), aos 33'/2ºT.