Fernando de Noronha, 01 (AE) - Começa amanhã, em Fernando de Noronha, a 3ª etapa do Circuito WQS (divisão de acesso ao WCT). A ilha, pertencente ao Estado de Pernambuco, é um dos melhores pontos para a prática do surfe no Brasil e será sede pela primeira vez de uma etapa do circuito mundial. O objetivo da Hang Loose Pró Contest, promotora da etapa, é tornar o evento tradicional para, em dois anos, organizar uma prova do WCT.
Como será a estréia de Fernando de Noronha no calendário do surfe, o evento distribuirá 1.500 pontos no ranking e US$ 60 mil em prêmios - menos do que as etapas seis estrelas, que dão US$ 100 mil e 2.500 pontos. A temporada 2000 do WQS começou em janeiro e já foram disputadas duas provas. Na Argentina, o havaiano Shawn Sutton, que lidera o ranking da WQS, ficou com o título; em Florianópolis, o baiano Armando Daltro levou a melhor sobre os concorrentes.
Na última semana, a intensidade das ondas na ilha diminuiu, mas os organizadores esperam uma melhora imediata nas condições do mar. A confiança é tanta que foi delimitado um prazo de dois dias para o início das baterias, que, no mais tardar, começam na sexta-feira na Praia da Cacimba do Padre ou do Boldro, dependendo das melhores condições.
Fernando de Noronha localiza-se a 545 quilômetros do Recife e é formada por 21 ilhotas que ocupam 26 quilômetros quadrados. Foi descoberta pelo navegador português Américo Vespúcio em 1503, durante a segunda expedição de colonização à costa. A principal ilha do arquipélago é o topo de uma montanha submarina de origem vulcânica. A temperatura nesta época do ano é de cerca de 30 graus.