Handebol confirma participação no Pan-Americano


Lucio Flávio CruzReportagem Local
Lucio Flávio CruzReportagem Local

A equipe da MRV/Unicesumar/Unimed/Paiquerê FM/Londrina confirmou sua participação no Campeonato Pan-Americano de Clubes de handebol masculino, que será disputado entre os dias 23 e 27 de maio em Taubaté (SP).

O time londrinense teve que correr contra o tempo e contar com o apoio dos patrocinadores e da FEL (Fundação de Esportes de Londrina) para conseguir viabilizar financeiramente a sua participação no torneio, que terá oito clubes.

O convite para jogar a competição foi feito na sexta-feira (4) pela IHF (Federação Internacional de Handebol) e o prazo final para confirmar a participação era na segunda-feira (7). O custo para o clube de Londrina jogar será de R$ 25 mil para as despesas de hospedagem, alimentação e transporte.

"Esta competição não estava no nosso planejamento e por isso não tínhamos previsão orçamentária. Apesar do convite ser em cima da hora, conseguimos o apoio da administração municipal, da FEL e dos nossos patrocinadores", frisou o técnico Giancarlos Ramirez. "Mas ainda estamos atrás de mais alguns parceiros."

O Pan-Americano terá oito clubes e Londrina será o terceiro representante do Brasil. Vão jogar a competição o Taubaté e o Pinheiros, campeão e vice da Liga Nacional do ano passado, mais duas equipes da Argentina, uma do Chile, uma do Canadá e uma da Guiana Francesa. "O convite levou em conta o nosso quarto lugar na Liga em 2017 e também o nosso histórico de ter participado de outras competições internacionais, além do ranking nacional", apontou Ramirez.

Londrina já disputou cinco Pan-Americanos e a cidade sediou a competição em duas oportunidades. Em uma delas, em 2009, o time local ganhou o título inédito vencendo a Metodista na decisão. Como campeão da América, jogou o Mundial no Catar, em 2010, quando ficou em quinto lugar. Quem vencer o Pan deste ano também garante vaga no Mundial de Clubes, que será disputado novamente no Catar.

Preparação
Com a confirmação no Pan-Americano, o técnico Giancarlos Ramirez reconhece a necessidade de reforçar a equipe e pelo menos dois pivôs devem ser contratados. "Já temos alguns nomes e agora, com a vaga garantida, vamos adiantar as negociações. A ideia é trazer um apenas para o Pan e o outro nome para manter para a disputa da Liga Nacional", explicou.

A equipe londrinense iniciou a preparação para a temporada em abril e fez apenas dois jogos oficiais pelo Paranaense. A partir do dia 16 de junho, o time começa a jogar a Liga Nacional.


Continue lendo


Últimas notícias