O tenista brasileiro Gustavo Kuerten se mantém como líder do ranking mundial da atual temporada. A lista da Corrida dos Campeões, divulgada ontem pela ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), dá ao brasileiro 645 pontos, contra 639 pontos do russo Marat Safin, o segundo do ranking. Fernando Meligeni continua na 90ª colocação, com 64 pontos. André Sá ganhou duas posições e está agora no 93º lugar, com 57 pontos.
A terceira posição é o norte-americano Pete Sampras, com 637 pontos. O sueco Magnus Norman está na quarta posição, com 586 pontos.
A lista dos dez tenistas mais bem ranqueados se completa com o russo Ievguêni Kafelnikov (o quinto, com 460 pontos); o australiano Lleyton Hewitt (o sexto, com 435 pontos); o espanhol Alex Corretja (o sétimo, com 424 pontos); o norte-americano Andre Agassi (o oitavo, com 418 pontos); o sueco Thomas Enqvist (o nono, com 402 pontos); e o inglês Tim Henman (o décimo, com 368 pontos).
No ranking de entrada da ATP, Guga continua em terceiro lugar com 3.372 pontos. Em primeiro lugar está o norte-americano Pete Sampras com 3.739. Na segunda colocação o russo Marat Safin soma 3.537. O sueco Magnus Norman com 3.098 pontos no ranking fica em quarto. Andre Agassi, dos EUA, vem em seguida com 2.988. O outro sueco, Thomas Enqvist, na sexta posição com 2.693. O russo Yevgeny Kafelnikov está com 2.651 na sétima posição. O australiano Lleyton Hewitt vem em oitavo com 2.399. O espanhol Alex Corretja, na nona colocação, soma 2.202. O tenista da Grã-Bretanha, Tim Henman vem com 1.932 e figura em décimo.
Duplas – Depois de conquistar o título individual do torneio de Guadalajara, no México, Fernando Meligeni não conseguiu repetir a performance na decisão do torneio de duplas. Jogando junto com o também brasileiro Flávio Saretta, Meligeni foi derrotado por 2 sets a 1 pelo alemão Alexandre Waske e o norte-americano Hugo Armando. A partida foi muito equilibrada, com os dois sets ganhos pela dupla vencedora decididos no tie break: 7/6 (7x4), 4/6 e 7/6 (9x7). Já o brasileiro Júlio Silva derrotou o italiano Nahuel Fracassi por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, domingo em Assunção, conquistando o título do torneio de Futures I do Paraguai.