Miami, 25 (AE) - Com duas boas vitórias, o tênis brasileiro festejou com entusiasmo uma boa rodada no Ericsson Open, em Miami. Gustavo Kuerten sofreu, mas passou pelo francês Arnauld Clemente por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (7/5), 7/6 (7/4) e 7/5. Enquanto isso, Fernando Meligeni soube usar sua maior experiência para superar a revelação norte-americana, Paul Goldstein, por 2 a 0, parciais de 7/5 e 7/6 (7/5).
Os dois brasileiros devem voltar à quadra já neste domingo. Guga vai enfrentar o vencedor da partida entre o croata Goran Ivanisevic e o norte-americano Vince Spadea, enquanto Fernando Meligeni pega o vencedor do jogo entre o russo Yevgeny Kafelnikov e o argentino Guillermo Cañas.
Na partida de estréia, Guga fez questão de enfatizar o incentivo da torcida. Gustavo Kuerten voltou a jogar na Grandstand, a mesma quadra em que havia sido eliminado na primeira rodada para outro francês, Sebastien Grosjean. Desta vez, saiu-se vencedor, mas contou até com uma boa dose de sorte ao salvar um match point no terceiro e decisivo set.
O jogo foi emocionante e deixou a torcida com o coração na boca. Guga esteve quase sempre em desvantagem e passou por situações complicadas. O tenista brasileiro esteve inseguro em seus golpes e sofreu para vencer uma partida que tinha tudo para ser mais fácil. "Devo esta vitória em grande parte ao apoio da torcida", disse Kuerten, após o jogo. "Podem ter certeza de que não fosse este incentivo, talvez não tivesse ganho esta partida, obrigado, galera."
Enquanto isso, Fernando Meligeni impôs sua maior experiência e derrotou a revelação do tênis norte-americano, Paul Goldstein, no seu jogo de estréia do Ericsson Open, em Miami. Fininho, como é conhecido, venceu em dois sets, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/5), conseguindo assim, um excelente resultado em quadras rápidas, como as do Crandon Park, em Key Biscayne. Meligeni festejou com entusiasmo sua vitória em Miami, afinal, não vinha de bons resultados nestes torneios da temporada norte-americana de quadras rápidas.
Rodada - Com os principais jogadores nas quadras, o Ericsson Open já começou a fazer suas primeiras vítimas. O alemão Nicolas Kiefer, cabeça-de-chave número 4, caiu diante do australiano Richard Fromberg por 6/4 e 6/4. Em outros jogos, Nicolas Lapentti derrotou Xavier Malisse por 6/4 e 6/4, Marcelo Rios passou por Michael Chang por 6/4 e 6/4, enquanto no lado feminino Lindsay Davenport ganhou de Anne Kremer por 6/1 e 6/2, Sylvia Plischke de Nicole Pratt por 7/5 e 7/5, Ai Sugiyama de Erika De Leone por 6/2 e 7/6 (7/5).