|
  • Bitcoin 144.436
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 02/04/2022, 18:45

Grêmio vence Ypiranga de novo e é penta do Gauchão depois de 33 anos

PUBLICAÇÃO
sábado, 02 de abril de 2022

JEREMIAS WERNECK
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Uma, duas, três, quatro, cinco vezes Grêmio. Hoje (2), o time gremista venceu o Ypiranga-RS pelo placar de 2 a 1, em Porto Alegre, e confirmou o título do Campeonato Gaúcho. O quinto em série. O pentacampeonato chega ao clube depois de 33 anos e mantém a hegemonia estadual, mesmo após o rebaixamento à Série B do Brasileirão.

Bruno Alves, no final do primeiro tempo, abriu o placar. No segundo tempo, Rodrigues e Erick fecharam o escore do jogo. O Grêmio já havia vencido o jogo de ida, em Erechim, por 1 a 0. Assim, até o empate serviria para deixar a taça na Arena.

Campeão em 2022, o Grêmio junta o troféu deste ano com as taças de 2018, 2019, 2020 e também a da temporada passada. O clube não conquistava cinco estaduais seguidos desde 1989, em meio à sequência que rendeu hexa em 1990. Agora, o Grêmio soma 41 títulos do Campeonato Gaúcho.

O Inter segue sendo o maior vencedor, com 45 taças do torneio.

O jogo em Porto Alegre foi movimentado, mas sem muitos riscos pra o time de Roger Machado. Mesmo que o Ypiranga-RS tenha sido o primeiro da fase de classificação e com bons jogadores, revelações do campeonato.

Quem foi bem: Diego Porfírio

Lateral esquerdo coroou o bom campeonato com atuação madura na final. Camisa 6 do Ypiranga já está acertado com o Coritiba e foi quem levou mais perigo ao Grêmio ao longo da decisão na Arena do Grêmio. No início da etapa final, fez jogada individual com dribles em sequência.

Bruno Alves garante o título

Contratado no início da temporada, zagueiro marcou o segundo gol com a camisa do Grêmio e garantiu a conquista. O lance ocorreu após cobrança de falta de Bitello, que explodiu na trave, e teve ainda assistência de Rodrigues — que cabeceou para o centro da área.

Grêmio repete estratégia

Mesmo em casa, o Grêmio seguiu o plano que deu certo no mata-mata. O time de Roger Machado esperou. Deu a bola ao adversário e usou a pressão para recuperar a posse e criar chances. Foi assim que Bitello deixou Elias cara a cara com o goleiro Edson, mas o camisa 1 levou a melhor na dividida e salvou o Ypiranga.

Ypiranga usa bola longa e assusta

O time de Erechim foi para cima do Grêmio, mas com pequenas mudanças. Uma delas foi apostar em lançamento para Diego Porfírio. O lateral esquerdo jogou com liberdade e criou problema para a dupla Campaz e Rodrigues. A melhor chance do Ypiranga, no entanto, veio na bola parada. Em falta do lado da área, Brenno errou ao sair do gol e Hugo Almeida não conseguiu aproveitar.

Dois gols em dois minutos e com VAR

O Grêmio usou a bola parada de novo para fazer gol. E outra vez no rebote. Após a cobrança de Campaz, Rodrigues empurrou para o fundo da rede. O lance foi revisado pelo VAR em análise de quase cinco minutos. Logo depois, o Ypiranga-RS descontou e a jogada também foi observada pelo árbitro de vídeo. O lance foi confirmado mais rápido.

FICHA TÉCNICA GRÊMIO 2 X 1 YPIRANGA-RS

Data e hora: 02/04/2022 (sábado), às 16h30 (horário de Brasília)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 43.889 pessoas (41.913 pagantes)

Renda: R$ 3.244.443,00

Árbitro: Leandro Vuaden

Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Tiago Augusto Kappes Diel

VAR: Adriano Milczvski

Cartões amarelos: Ferreira (GRE); Diego Porfírio, Falcão, Rodrigo Carioca (YPI)

Gols: Bruno Alves, aos 46 minutos do primeiro tempo (GRE); Rodrigues, aos 32 minutos do segundo tempo (GRE); Erick, aos 34 minutos do segundo tempo (YPI)

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues, Bruno Alves, Geromel e Diogo Barbosa; Villasanti, Bitello, Lucas Silva, Campaz (Janderson) e Ferreira (Gabriel Silva); Elias Manoel (Diego Churín) Técnico: Roger Machado

YPIRANGA-RS: Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Bruno Bispo e Diego Porfírio; Lorran (Robson), Falcão, Marcelinho (Cesinha), Erick e Matheus Santos (Jeferson); Hugo Almeida (Rodrigo Carioca) Técnico: Luizinho Vieira