|
  • Bitcoin 234.296
  • Dólar 5,5272
  • Euro 6,2656
Londrina

Esporte 5m de leitura Atualizado em 16/11/2021, 20:16

Grêmio vence reservas do Bragantino e mantém esperança de fugir do descenso

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 16 de novembro de 2021


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio venceu o RB Bragantino, nesta terça-feira (16) por 3 a 0, em jogo da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, e com isso se mantém vivo na luta contra o rebaixamento. A matemática segue difícil, com necessidade de pelo menos mais quatro vitórias em seis partidas, mas a equipe de Vagner Mancini tirou proveito da escalação reserva do adversário (com a cabeça na final da Copa Sul-Americana) e se impôs. Especialmente no primeiro tempo.

Diego Souza, de pênalti, abriu o placar aos cinco minutos. Lucas Silva, aos 34, ampliou. Jhonata Robert, de fora da área, fez 3 a 0 aos 37.

O Grêmio, agora, tem 32 pontos e ganha uma posição. Deixa de ser vice-lanterna, ao ultrapassar o Sport, e ocupa a 18ª posição. A distância para o Bahia, primeiro time fora do Z4, é de quatro pontos. Mas o time comandado por Guto Ferreira entra em campo na quinta-feira (18), contra o Sport.

O Bragantino segue com 52 pontos, mas a cabeça não está nem aí. O foco é todo na histórica final da Copa Sul-Americana, contra o Athletico-PR, no sábado (20).

Na próxima rodada, o Grêmio visita a Chapecoense, no sábado (20). O Braga já jogou e venceu a partida contra o Sport, válida pela 34ª rodada.

Na contagem regressiva do Grêmio, ainda restam jogos contra Flamengo (atrasado da segunda rodada), Bahia, São Paulo, Corinthians e Atlético-MG.

O DESTAQUE: FERREIRA

Se Lucas Silva e Jhonata Robert fizeram gols, foi graças a Ferreira. O camisa 11 deu duas assistências e ao longo do jogo conseguiu encaixar dribles e boas jogadas. Só não foi ainda mais decisivo por perder chances de ele mesmo balançar as redes.

GRÊMIO SE IMPÕE

A matemática, o adversário de olho na final da Copa Sul-Americana e, por fim, a escalação passaram um recado antes mesmo de a bola rolar em Porto Alegre. O jogo era de tudo ou nada para o Grêmio. Assim, o time gaúcho iniciou o duelo a todo vapor. Com a velocidade pelos lados e força por dentro, com Campaz e Diego Souza, o Grêmio encaixotou o Red Bull Bragantino desde cedo. Abriu o placar com menos de cinco minutos e marcou outros dois gols em intervalo de três minutos.

BRAGANTINO SENTE

Mauricio Barbieri já havia avisado que a escalação seria diferente, mas talvez não contasse que o plano fosse deixar o time tão frágil. O Bragantino não conseguiu se defender bem, diante da insistência do Grêmio, e no ataque mostrou enorme dificuldade.

GRÊMIO

Brenno; Rafinha, Geromel, Kannemann, Cortez; Thiago Santos (Mateus Sarará), Lucas Silva (Victor Bobsin), Campaz (Jean Pyerre); Jhonata Robert (Alisson), Ferreira, Diego Souza (Diego Churín). T.: Vagner Mancini

RB BRAGANTINO

Júlio César; Weverton, Leonardo Realpe (Cesar), Natan, Guilherme Lopes (Martínez); Luan Cândido, Luciano (Cristiano), Gabriel Novaes, Pedrinho (Bruninho), Weverson (Leandrinho); Alerrandro. T.: Mauricio Barbieri

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Juiz: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Gols: Diego Souza, aos 5 minutos do primeiro tempo (GRE), Lucas Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo (GRE), Jhonata Robert, aos 37 minutos do primeiro tempo (GRE)

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM