|
  • Bitcoin 144.098
  • Dólar 4,8243
  • Euro 5,1498
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 08/04/2022, 15:56

Grêmio faz mapa da Série B e encorpa grupo com 'novo espírito'

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 08 de abril de 2022

JEREMIAS WERNEK
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - As contas e os ajustes no ambiente para iniciar a Série B do Brasileiro estão feitos. O Grêmio abre a corrida para voltar à elite, diante da Ponte Preta, com um mapa da Segundona e convicto de que tem um espírito compatível com o campeonato. Atitude necessária para encarar e atravessar as 38 rodadas que virão nos próximos meses. O clube tricolor estreia neste sábado (9), às 16h30 (horário de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli.

O mapa do Grêmio divide a Série B em seis grandes blocos. Cada bloco tem seis jogos e a meta é fechar uma pontuação específica dentro do conjunto de jogos. Roger Machado e a diretoria projetam um número, mas evitam tratar publicamente. A meta é subir matematicamente de forma antecipada.

"Tivemos uma reunião e planejamos tudo que vai acontecer nos próximos meses. Dividimos os jogos em seis blocos de seis rodadas. Nas duas rodadas finais já planejamos ter o acesso garantido", disse Denis Abrahão, vice de futebol do Grêmio.

A ideia é basear a campanha nos jogos em casa. O desempenho na Arena do Grêmio é visto como fundamental para garantir a volta à elite. A ponta de influenciar o planejamento de treinos e alternativas táticas nos trabalhos diários. Afora dos cálculos e projeções, o Grêmio entende que operou o elenco para chegar pronto na arrancada da Série B. Como? Com adição de jogadores com algum tipo de experiência na competição. Casos de Edilson e Rodrigo Ferreira, ambos laterais.

Edilson jogou a Série B de 2021 pelo Avaí, que garantiu acesso. Rodrigo Ferreira disputou o campeonato com a camisa do Brasil de Pelotas, em 2020.

"Para iniciar, a gente chega sólido. Não consigo afirmar se isso vai ser suficiente para ir até o final da competição. A diretoria está fazendo todo esforço para a gente agregar qualidade. Para ter, dentro desse esquema, alternativas. Alternativas leves para os lados. O tripé de meio-campo com peças adequadas. Que a gente não perca a solidez defensiva. Que tenhamos mais opções para empurrar a bola para o gol junto com o Diego [Souza]. Um time não vive só de um artilheiro, eu preciso de pelo menos três jogadores para dividir os gols com o Diego. Para início, penso que sim. Pela estrutura que a gente montou", disse Roger Machado, treinador do Grêmio, logo após a conquista do Campeonato Gaúcho.

Depois das chegadas de Edilson e Rodrigo Ferreira, o Grêmio fechou com Gabriel Teixeira, emprestado pelo Fluminense, e Elkeson, ex-Guangzhou Evergrande-CHI. O clube também tem acerto com Guilherme, meia-atacante ex-Botafogo, Sport e Grêmio e que atualmente está no Al Dhafra-EAU. O jogador foi artilheiro do Sport na Série B de 2019 e está fora do Brasil há dois anos.

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Horário: 16h30 (de Brasília) deste sábado (9)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Transmissão: Sportv e Premiere