|
  • Bitcoin 105.123
  • Dólar 5,2028
  • Euro 5,4369
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 07/06/2022, 23:49

Grêmio encerra jejum de gols, vence Novorizontino e reage na Série B

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 07 de junho de 2022

JEREMIAS WERNEK
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Nesta terça-feira (7), o Grêmio fez 2 a 0 no Novorizontino, em Porto Alegre, e acabou com a sequência de cinco partidas sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. A atuação na Arena do Grêmio foi segura e com muito esforço. Suficiente para acabar com jejum de quase 400 minutos sem gols e dar fôlego na luta para voltar ao G4.

O placar e a atuação também dão pontos adicionais a Roger Machado, pressionado no cargo desde a derrota para o Cruzeiro, no início de maio.

Diego Souza, de pênalti, abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo. Janderson, aos 12 minutos da etapa final, marcou o segundo gol gremista. O time da casa ainda teve gol de Bitello anulado por impedimento, quando placar ainda estava fechado.

Agora, o Grêmio soma 17 pontos e é quinto colocado -um ponto atrás do Sport, primeiro time no G4 da Série B.

Na próxima rodada, o Grêmio visita justamente o Sport e o Novorizontino recebe o Guarani. A partida gremista acontece na segunda-feira (13), enquanto o jogo no interior paulista é no domingo (12).

No aquecimento, Brenno sentiu dores na panturrilha e acabou vetado. Com isso, minutos antes de a bola rolar, o Grêmio comunicou a arbitragem de uma mudança na escalação, no goleiro. Gabriel Grando entrou no time e Felipe Scheibig passou a ser o suplente.

Esforço não faltou, mas do primeiro ao penúltimo minuto da etapa inicial o Grêmio mostrou claramente os motivos para viver o momento de turbulência na temporada. O time teve mais a bola, ficou perto da área do adversário e teve grandes dificuldades para criar chances. Foram quatro oportunidades para abrir o placar, mas a atuação não foi de encher os olhos. Pelo contrário. Houve dificuldade para conectar passes à frente, encaixar cruzamentos.

Aos 35, a jogada foi boa. O cruzamento da esquerda parou no peito de Diego Souza, que ajeitou de primeira para Bitello. Dentro da área, o camisa 39 chutou de primeira e acertou o canto esquerdo do gol. A grande finalização, porém, sequer foi comemorada. A arbitragem marcou impedimento e o VAR confirmou.

A cobrança de pênalti de Diego Souza encerrou um jejum de 395 minutos do Grêmio. Depois de três partidas sem marcar, o time gaúcho voltou a balançar as redes na Série B. O time havia passado em branco contra Criciúma, Vila Nova e Vasco.

O plano era óbvio, claro, e foi seguido até certo ponto. Recuado e preparado para contra-atacar, o time visitante assustou muito pouco. Mérito do Grêmio, que pressionou, mas também falha do Novorizontino. O grande momento da equipe foi após erro de Gabriel Grando, em recuo da lateral. Houve, ainda, cabeceio livre dentro da área. Sem força.

O intervalo devolveu um Novorizontino mais ofensivo e quem agradeceu foi o Grêmio. Atento, o time da casa ampliou o placar aos 12 minutos da etapa final. Thiago Santos achou Nicolas, o lateral deu passe por dentro e Gabriel Teixeira fez corta-luz. Janderson chutou de primeira e marcou 2 a 0.

Com o placar, o jogo foi ainda mais tranquilo. A ponto de Roger recuar as linhas e esperar o adversário. Deu espaço até para Diego Souza ser sacado e receber aplausos do público.

GRÊMIO

Gabriel Grando; Rodrigues, Geromel e Kannemann; Edílson, Thiago Santos (Lucas Silva), Bitello (Sarará) e Nicolas; Janderson (Gabriel Silva), Gabriel Teixeira (Elias Manoel) e Diego Souza (Elkeson). T.: Roger Machado

NOVORIZONTINO

Giovanni; Felipe Rodrigues (Lepu), Rodolfo Filemon, Joilson e Ligger; Léo Baiano, Gustavo Bochecha, Ronaldo (Diego Quirino), Diego Torres (Rômulo) e Romário; Danielzinho (Ronald). T.: Allan Aal

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 12.357 pessoas (11.098 pagantes)

Renda: R$ 364.029,00

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Júnior (DF)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Janderson, Elias Manoel, Rodrigues, Lucas Silva (GRE); Rodolfo, Léo Baiano, Gustavo Bochecha (NOV)

Gols: Diego Souza (GRE), aos 53 minutos do primeiro tempo; Janderson (GRE), aos 12 minutos do segundo tempo.