|
  • Bitcoin 101.305
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 21/01/2022, 16:49

Grêmio encaminha rescisão de Douglas Costa, que deixa pré-temporada do time

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

JEREMIAS WERNEK
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A segunda passagem de Douglas Costa pelo Grêmio acabou. Clube e jogador ainda acertam detalhes burocráticos de uma rescisão de contrato, mas o meia-atacante já deixou a concentração e a pré-temporada do time e se prepara para assinar o fim do vínculo.

Oito meses após voltar da Europa, ele sai de Porto Alegre por conta do contrato com um dos maiores salários do elenco e adicionais. A tendência é que o camisa 10 assine com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, logo depois.

Segundo apurou a reportagem, Grêmio e Douglas Costa acertam a forma de pagamento de valores em aberto relativos ao ano de 2021. O jogador tem direito a reforço semestral pelas luvas do contrato assinado em maio.

A negociação para a rescisão de contrato tomou corpo nos últimos dias, com reuniões entre a diretoria e o estafe do jogador.

Na quinta-feira (20), Douglas Costa foi comunicado do avanço no acordo e deixou a concentração do elenco do Grêmio, em Porto Alegre. Horas antes, ele participou do primeiro treino tático do time de Vagner Mancini como titular.

Douglas Costa tinha salário fixo de cerca de R$ 800 mil, com gatilhos de desempenho que poderiam elevar o rendimento a R$ 1,5 milhão. Além disso, o contrato prevê pagamento de luvas a cada seis meses. Em fevereiro de 2022, o Grêmio deveria pagar cerca de R$ 2,5 milhões ao camisa 10.

Em recente encontro, a diretoria reiterou ao jogador que não possui fluxo de caixa para arcar com o contrato. Por fim, o meia-atacante indicou aceite para fim do vínculo.

No momento das tratativas, o camisa 10 apontou que já tem acerto com novo clube. O Los Angeles Galaxy, da MLS (Major League Soccer) foi quem mais procurou o atleta nas últimas semanas.

Com 31 anos, Douglas Costa foi apresentado pelo Grêmio em maio do ano passado. Sua estreia veio apenas em junho, na derrota para o Sport por 1 a 0. Ao todo, ele disputou 28 jogos, marcou três gols e deu duas assistências em sua segunda passagem pelo time tricolor, que o lançou no futebol.

A passagem pela capital gaúcha começou repleta de expectativa. O histórico positivo na Europa, as convocações para seleção brasileira e a ligação afetiva ao clube catapultaram o meia-atacante ao posto mais alto nas esperanças dos torcedores.

O tempo, porém, se encarregou de transformar a idolatria em desconfiança. Douglas sofreu com repetidas lesões, teve rendimento em campo aquém do esperado, não conseguiu assumir liderança no elenco e se envolveu em uma série de polêmicas.

Além de reclamar sobre a postura do time, insistiu em liberação para realizar sua festa de casamento e acumulou relação turbulenta com os aficionados.