|
  • Bitcoin 102.599
  • Dólar 5,2536
  • Euro 5,4884
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 01/06/2022, 16:19

Grêmio completa um mês sem vitória na Série B e mergulha em crise

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 01 de junho de 2022

JEREMIAS WERNEK
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Maio de 2022 não vai deixar saudades para o Grêmio. Ao empatar sem gols com o Vila Nova, no domingo (29), o clube gaúcho completou um mês sem vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. O reflexo é o time fora do G4, com apenas um gol marcado em quatro partidas e ambiente entrando em convulsão novamente. Os dias têm ares de crise.

Agora, o time gaúcho se prepara para viajar ao Rio de Janeiro e enfrentar o Vasco, nesta quinta-feira (2), em São Januário, pela décima rodada.

A última vitória gremista na Série B foi diante do CRB, em 30 de abril. De lá para cá, derrota para o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0 e empates com Ituano, Criciúma e agora Vila Nova.

De forma prática, o Grêmio deixou a liderança ao perder para o Cruzeiro e despencou para o sexto lugar. Com o empate em Goiânia, voltou a ser quinto, mas já está nove pontos atrás do clube mineiro, atual primeiro colocado. Afora os números, o desempenho tem gerado enorme preocupação. O técnico Roger Machado passou a mudar o time de uma partida para a outra em busca de novidades —especialmente no ataque. O resultado foi o mesmo: somente um gol e oscilação até de peças que anteriormente eram o alicerce da equipe.

No Campeonato Gaúcho, Villasanti, Lucas Silva e Bitello conduziram o Grêmio à final com direito a vitória histórica em pleno estádio Beira-Rio. Na Série B, o paraguaio é o que menos oscilou nas últimas semanas. O camisa 16 chegou a virar reserva, voltou ao time e depois saiu mais uma vez. Enquanto o jovem, revelação em 2022, fez atuações discretas.

Fora de campo, o ambiente é de crise. A cobrança por melhores resultados tem aumentado à medida que o time tropeça. No domingo, em Goiânia, torcedores entoaram o nome de Renato Gaúcho depois do apito final. O ídolo e ex-treinador está desempregado.

"O mês de maio obviamente joga pressão no trabalho, porém eu acredito que a gente consiga equilibrar com as opções que a gente tem, no momento", disse o treinado Roger Machado.

Nesta quinta-feira, o técnico terá que montar um time sem Villasanti e Campaz, convocados pelas seleções paraguaia e colombiana, respectivamente. Uma provável escalação inicial do Grêmio tem: Brenno; Geromel, Kannemann, Bruno Alves; Edilson, Thiago Santos, Bitello, Benítez e Nicolas; Biel e Diego Souza.

O Vasco, por sua vez, deve ter alterações em relação ao time que atuou na última rodada, contra o Brusque. O técnico Zé Ricardo terá Gabriel Dias à disposição, retornando de suspensão. Nos últimos treinos, o comandante esboçou uma formação com Getúlio e Figueiredo no lugar de Raniel e Palacios. Com isso, uma provável escalação inicial do time cruzmaltino tem: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição, Edimar; Yuri, Andrey, Nenê; Figueiredo (Palacios), Pec e Getúlio (Raniel).

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 20h (de Brasília) desta quinta-feira (2)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Transmissão: Premiere