Tereza Kimura, a ‘miss hole in one’Tereza, a mulher
do ‘hole in one’
Depois de algumas semanas de ausência, a Coluna está de volta, com o mesmo objetivo: levar aos golfistas do Estado, as principais novidades do esporte, colocando em destaque os nossos clubes. Que 2000 seja outro excelente ano para o golfe brasileiro e, em especia, para o do Paraná, que é o que mais cresce no Brasil, não apenas com relação ao número de praticantes, mas principalmente na técnica. E é isso que os golfistas paranaenses têm demonstrado, tanto que Ivo Leão fechou o ano conquistando o título do Aberto do Brasil, o mais importante do País e no São Paulo Golf Club, que é o melhor que temos. Ivo chegou a superar, inclusive, inúmeros profissionais que participaram do evento, entre os quais, alguns do PGA dos europeus.
É com essa motivação que nos próximos dias será aberta a temporada oficial do golfe paranaense. Os londrinenses vão começar no melhor estilo, porque tudo indica que os dois primeiros torneios serão para comemorar feitos de jogadores que tiveram o privilégio de fazer um ‘hole in one’ no final do ano. É o caso do Ewaldo Kruger, o Bruder, que em novembro colocou sua marca no buraco 11.
Ainda no final de 99, quando da apresentação do 5º Open de Golfe Aniversário de Londrina, disputado nos dias 4 e 5 de dezembro, falamos a respeito dos 13 ‘holes in one’ que foram feitos na história do golfe londrinense e que curiosamente nenhuma mulher havia atingido tal proeza. E já naqueles dias, a capitã Jovana Fuganti disse que não estava longe de uma mulher conseguir. Pois bem. Tereza Kimura conseguiu. Tereza passa para a história do golfe londrinense, como a primeira mulher a obter um ‘hole in one’ no campo do Londrina Golf.
Ela conta que um pouco antes de pôr a bola no buraco do 15, com uma tacada apenas, ela quase conseguiu fazê-lo no 11. ‘‘Parecia que o dia estava mesmo para um hole in one. Mas na hora a gente nem acredita. É uma sensação gostosa, mas estranha’’, conta Tereza Kimura, que não deixou por menos e fez o ‘hole in one’ no buraco mais difícil do campo londrinense e um dos mais difíceis do Brasil, devido a irregularidade do piso do ‘green’.



PAR 3
- No Londrina Golf, a gozação que era em cima do jogador Walter Jorge Sobrinho parece que agora vai acabar. Todos tiram ‘sarro’ no Teco, porque geralmente é a esposa Ceila, quem conquista troféus, apesar de ter iniciado bem depois que o marido a praticar o golfe. O pessoal diz que ele deve ser o ‘caddie’ da esposa.
- Walter Jorge, tão logo soube do feito da Tereza Kimura, já adiantou que vai passar o título de ‘caddie’ para o Tamotso, marido de Tereza, que além de ganhar mais prêmio que ele nos torneios, ainda, de quebra, fez o ‘hole in one’ cabendo ao Tamotso, apenas o pagamento da festa. O Teco disse que vai passar o troféu para o Tamotso, no dia da festa do ‘hole in one’ da Tereza.
- Ainda sem uma data confirmada, juvenis de Londrina estão confirmando presença no Campeonato Brasileiro Juvenil, que será disputado em Porto Alegre. Ivan Kruger Fuganti, Tiago Ogawa e João Paulo Albuquerque estão garantidos. O convite para a participação deles na competição, partiu de Renato Leitner, diretor do departamento da Federação Paranaense de Golfe.
- Os três londrinenses estão apenas esperando uma confirmação da data do torneio para que possam viajar para o Sul. Todos estão treinando com muita disposição.
- Os clubes continuam ainda em período de férias. Isso, no entanto, não significa que os nossos campos estão inativos. Nada disso. Sempre tem pessoas treinando, visando o início da temporada. No Clube Curitibano, por exemplo, não há previsão de nenhum torneio para este mês.
- A direção do Curitibano recebeu ofício da Federação Paranaense de Golfe, solicitando o empréstimo do campo para os dias 24, 25 e 26 de março, quando a entidade estadual pretende realizar o 11º Campeonato Aberto do Paraná. Mas nada ainda está confirmado.
- Também o Graciosa Country Club está de folga. A maioria dos jogadores ainda viajam. Mas um bom número já retornou e continua treinando firme. O primeiro torneio, no entanto, deverá acontecer apenas em março, que pode ser o qualifyng para o 52º Campeonato Aberto, que o clube promoverá em abril.
- Enquanto uma grande maioria treina pensando nos abertos, vários jogadores do Clube Curitibano, Graciosa e Ponta Grossa, estão com suas atenções voltadas para um período mais curto. É que a Federação Paranaense deverá marcar, agora para fevereiro, a realização da final do Campeonato Interclubes, ainda do ano passado.
- Como se sabe, a divergência no que diz respeito a data do final do campeonato, prevaleceu e a final ficou para 2000. A entidade deverá anunciar nos próximos dias a data exata para que os clubes tomem suas providências, já que os dois dias de competição reunindo os três finalistas vai acontecer no campo do Iguassu Golf Club & Resort.
- Priscilo Diniz é o primeiro profissional brasileiro a integrar o PGA European Seniors Tour. Em dezembro ele conseguiu o terceiro lugar, com 282 tacadas (seis abaixo do par) no European Seniors Qualifyng, disputado em Antalya, na Turquia.
- O brasileiro ficou atrás do norte-americano Jay Horton, campeão do qualifyng, com 178 (10 abaixo do par). Priscilo marcou 74 tacadas no primeiro dia. Depois foi só abaixo: 71/68 (o melhor escore) e 69. Vale destacar que Priscilo disputou esta fase de qualificação, com 120 jogadores do mundo inteiro.
- A PGA Tour está fazendo uma pesquisa para saber qual o jogador que é o favorito na opinião do público, para vencer mais torneios em 2000. Até ontem pela manhã, 5.064 pessoas já haviam votado no site da PGA Tour. Como não poderia deixar de ser, Tiger Wodds lidera a pesquisa com muita tranquilidade.
- O melhor jogador do mundo na atualidade (faturou mais de US$ 6 milhões em prêmios em 99), é apontado por 59,3 por cento dos votantes, como o jogador que mais torneios vencerá em 2000. Na segunda colocação aparece o rival David Duval (21,1%), que no ano passado começou muito bem, mas não resistiu ao melhor jogo de Woods.
- Depois aparecem Karrie Webb (7,7), Colin Montegomerie (5,6), Tom Lehman (5,4) e Juli Inkster, que não atingiu a um por cento: 0,92. A tendência é que Tiger Woods aumente essa sua condição, pois ele mostrou, na temporada passada, um jogo bem mais consistente que seus adversários.
- David Duval começa o ano defendendo o título do Mercedes Champioships, que começa a ser disputado hoje. O torneio da PGA Tour terá um prêmio total de US$ 2,9 milhões, sendo que o campeão já leva, neste início de temporada, US$ 486 mil.
- A ESPN (internacional, canal 52) vai mostrar o torneio. Hoje será às 5 horas. Amanhã, aos 0 hora e no domingo, a partir das 0h30, com a rodada final. Claro que o horário não colabora, mas em se tratando de um torneio desse nível, acredito que muita gente vai madrugar pelo Paraná.
- Mas a ESPN tem mais novidades neste início de temporada do golfe internacional. Nos dias 13 (22 horas), 15 (8h30 e as 23 horas) e no dia 16, às 23 horas, as rodadas do Sony Open In Hawai, que reunirá grandes golfistas do tour norte-americano. Vale a pena conferir esses eventos.