O final de semana dos golfistas paranaenses será no Joinville Country Club, em Joinville. Lá, a partir de amanhã, estará acontecendo a Copa Prisma, que corresponde ao Aberto de Santa Catarina. É a nona edição do importante torneio catarinense, que terá dupla importância, além de estar entre o mais importantes torneios do vizinho Estado. Este ano a competição vai valer por mais uma etapa do Campeonato Paranaense Interclubes e pelo ranking estadual. As inscrições foram encerradas com grande número de participações chegando a quase 100 golfistas. O capitão do Joinville Country, Paulo Fernando Antunes, estava eufórico com a importância dada ao evento e o clube promete retribuir da melhor maneira possível a atenção dos jogadores nos dois dias de competição, amanhã e domingo. Aliás, esta noite acontece o coquetel que marcará a solenidade de abertura da Copa Prisma.
PAR 3
Paralelamente à Copa Prisma, o Joinville vai promover ainda a 3ª Copa Country Automóveis de Golfe, que vai contar com a participação de convidados e dirigentes da Federação e de clubes. O presidente Lusadio de Freitas quer atender os visitantes da melhor forma possível.
A Copa Prisma será disputada nas tradicionais categorias do golfe amador. Nos dois dias jogarão golfistas nas categorias scratch (masculino e feminino), e 0 a 9, 10 a 15, 16 a 24 e 25 a 36 no masculino, e 0 a 15, 16 a 24 e 25 a 36 no feminino. O campo estará aberto para treinos a partir de hoje.
Além dos troféus nessas categorias, o Joinville vai premiar, o near pin, no buraco 18, apenas no domingo, que tem pouco mais de 200 jardas. A competição será na modalidade stroke play, em 36 buracos, sendo 18 por dia.
O departamento social do Joinville Country cuidou muito bem a programação para os associados e visitantes. Esta noite haverá um coquetel de lançamento da competição. Amanhã, de manhã, um café para todos participantes.
À noite, um jantar vai ser a programação, ficando para domingo pela manhã o café colonial, no próprio clube. Com isso o clube catarinense espera satisfazer aqueles que estarão participando do importante evento.
Enquanto isso, amanhã, no Londrina Golf, mais um torneio hole in one. É o 20º na história do clube londrinense. São esperados pelo menos 70 golfistas da cidade e região. A festa desta vez será fora do clube. O dono do torneio marcou o jantar para o Recanto de Minas.
Quem vai estar recepcionando desta vez, é Massataka Kukushi. Ele fez o hole in one, nodia 10 de setembro, no buraco 15, usando o madeira 5. Massataka teve que esperar as festas de Rodolfo Fuganti e Paulo Mitsui para poder programar a sua.
Este mês Londrina vai ter outro torneio hole in one. Será a vez do advogado Antonio Carlos Andrade Vianna fazer a sua festa, comemorativa ao hole in one que fez no dia 24 de setembro.
Tudo indica que será outra grande festa no Londrina Golf. Vianna vai comemorar o seu feito, lembrando a festa que fez para o filho há três anos, quando o Leonardo obteve o seu hole in one dia 13 de setembro de 97, no buraco 7.
O feito de Antonio Carlos aconteceu no buraco 4 e tive a satisfação de ver a bola rolando no green ante de cair no buraco, o que deixou o Vianna perplexo e até um pouco assustado. O presidente Luiz Carlos Miguita e o Diogo Itimura eram os outros que puderam ver de perto o hole in one do Vianna e sua reação.
Um grupo de 20 golfistas londrinenses e seus familiares vão passar este final de semana jogando golfe em Foz do Iguaçu. Tudo foi acertado com o Tapete Mágico e o grupo deixou a cidade no dia primeiro, devendo retornar no final do domingo.
A diretoria do Londrina está tendo todo cuidado para a realização de mais um Open Aniversário de Londrina. Já em sua sexta edição, a competição terá mais de 170 golfistas paranaenses, paulistas e catarinenses. Grandes nomes do esporte estarão presentes no evento que marca o encerramento do calendário paranaense,
Na semana passada a diretoria esteve reunida, quando foram definidos vários pontos para a realização do Open. Na próxima semana deve acontecer novo encontro dos dirigentes, quando outros importantes assuntos serão acertados.
Mas praticamente tudo está definido para que o Open Aniversário de Londrina seja, a exemplo dos anos anteriores, mais um grande sucesso, não apenas na área técnica, mas principalmente em termos de organização.
E o Brasil foi muito bem nas disputas do 11º Teen’s Golf Trophy, disputado de 24 a 27 no Biarritz Golf Club, na cidade do mesmo nome, na França. Ao final da competição, o Brasil ficou na segunda colocação por equipes, apenas três tacadas da Finlândia, campeã do torneio: 434 a 437.
No individual o sucesso foi praticamente o mesmo, pois o paulista Felipe Almeida ficou na terceira colocação, atrás do finlandês Stennac Eric e do francês Jeremy Voisard. O gaúcho Fernando Guimarães chegou em sexto lugar na classificação final.
Já na Argentina, os brasileiros Otavio Mechereffe e Juan Angel Cavalheri Jr. não foram tão bem e ficaram apenas na 16ª colocação, no Torneio Los Lagartos. Na primeira posição ficaram empatados a Finlândia, Inglaterra e África do Sul.
Depois do inédito título do PGA European Seniors Tour, conquistado em Portugal, o brasileiro Priscilo Diniz voltou a jogar bem e ficou em segundo lugar a Copa Abu Dhabi, disputada nos Emirados Árabes.
Com esse resultado, o brasileiro passou a ser o sexto do ranking do Tour Europeu de Senior e passou a pensar com maior carinho numa possível estréia no tour do PGA Norte-Americano. Priscilo Diniz está confiante de melhorar cada vez mais sua posição no ranking.


[email protected]