|
  • Bitcoin 121.113
  • Dólar 5,0855
  • Euro 5,2421
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 09/07/2022, 22:38

Goiás bate Athletico, que perde a vice-liderança do Brasileiro para o Flu

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - O Goiás surpreendeu o Athletico-PR na noite deste sábado (9) e venceu a partida por 2 a 1 no estádio da Serrinha. O resultado da partida tirou o time visitante da vice-liderança, agora do Fluminense. Os gols do jogo, válido pela 16ª rodada do Brasileirão, foram marcados por Pedro Raúl e Nicolas, para os donos da casa, enquanto Terans diminuiu.

Com o resultado, o Goiás chegou aos 20 pontos e é o 11º colocado. O Athletico, por outro lado, estacionou nos 27, mesma pontuação do Fluminense, mas desceu para a 3ª colocação por conta do saldo de gols. O time de Felipão também perdeu uma invencibilidade de 14 jogos, somando Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

Demorou pouco para que o Goiás garantisse a vantagem no placar. Diego foi rápido pelo lado direito e carregou até a linha de fundo, onde cruzou para a grande área. Nicolas conseguiu desviar a bola, que sobrou para Pedro Raúl só empurrar para o fundo da rede.

O Athletico manteve o maior controle da posse de bola, mas não conseguiu produzir jogadas de perigo para chegar ao empate, sem grande efetividade. O Goiás se manteve na estratégia do início da partida, sendo mais perigoso nas chances que lhe restavam.

A equipe da casa se manteve indo para cima quando pode. Aos 38 minutos, o Goiás roubou a bola e Nicolas finalizou de fora da área, com força, obrigando Bento a espalmar a bola. Ela sobrou para Matheus Felipe, do Athletico, que mandou para escanteio. Na cobrança, aos 39, Nicolas teve uma nova chance e mandou de cabeça no cantinho. Bento conseguiu desviar, mas não foi suficiente para impedir o segundo gol do Goiás.

Assim que Felipão trouxe para campo Marcelo Cirino e Terans, as coisas mudaram para o Athletico. Cirino recebeu a bola dentro da área e tocou para Abner, que chegou batendo. A bola bateu no braço de Yan Souto e o árbitro marcou a penalidade. Aos 16, Terans foi para a bola e mandou de canhota no cantinho, deslocando completamente o goleiro Tadeu.

Na reta final da partida, o Goiás diminuiu a intensidade de subidas ao ataque e passou a se defender mais, segurando as investidas do Athletico, que tinha mais posse de bola. O jogo ficou tenso. Aos 46, a melhor chance saiu dos pés de Terans, dentro da grande área. A bola sobrou para o jogador, que mandou de canhota com força. Tadeu, porém, chegou inteiro e mandou para escanteio. Depois, foi marcado impedimento.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 x 1 ATHLETICO-PR

Motivo: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Data: 09/07/2022

Local: Estádio da Serrinha Hora: 20h30h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Danilo Barcelos (GOI), Fellipe Bastos (GOI)

Gols: Pedro Raúl (GOI), aos 5 minutos do primeiro tempo; Nicolas (GOI), aos 39 minutos do primeiro tempo; e Terans (CAP), aos 16 minutos do segundo tempo

GOIÁS

Tadeu; Caetano, Yan Souto, Reynaldo e Danilo Barcelos; Fellipe Bastos (Dadá Belmonte), Matheus Sales, Caio Vinícius e Diego (Maguinho); Pedro Raul (Vinícius) e Nicolas. Técnico: Jair Ventura

ATHLETICO-PR

Bento; Orejuela, Pedro Henrique, Matheus Felipe e Abner; Erick (Matheus Babi), Matheus Fernandes (Hugo Moura) e Vitor Bueno; Canobbio (Terans), Cuello (Rômulo) e Vitor Roque (Marcelo Cirino). Técnico: Felipão