A equipe da Associação Londrinense de Ginástica Artística (ALGA) viaja hoje para Porto Alegre, onde participa do Torneio Nacional, que será realizado no fim de semana. Nove atletas (seis meninos e três meninas) entre as categorias pré-infantil, infantil e juvenil vão representar Londrina na competição.
Esta é a segunda participação dos atletas da ALGA no torneio. No ano passado, a equipe masculina trouxe bons resultados individuais, além de conquistar a segunda colocação por equipes. De acordo com o técnico Geisel Campos, o foco agora deve ser mais o desempenho individual de cada atleta, já que as delegações adversárias geralmente competem em maior número, tendo certa vantagem na classificação por equipes.
A competição também é preparatória para o Campeonato Brasileiro, que será realizado no início de novembro, em Goiânia. ''Este ano vamos com uma delegação menor. O Campeonato Brasileiro é uma competição com um nível mais elevado e aproveitamos o Torneio Nacional para prepará-los melhor. Quando eles voltam estão empolgados e muitas vezes aquela correção que se tentou fazer durante todo o ano acaba dando certo depois de uma competição, pois o atleta vê outro fazendo corretamente no torneio'', avalia Campos.
Entre os maiores destaques do grupo estão dois garotos: Lucas Galdino da Silva e Leonardo Lobo Ywama, ambos com 11 anos. Eles competem na categoria infantil.
Galdino ficou em primeiro lugar no último Torneio Nacional e em segundo no Campeonato Brasileiro. ''Espero ficar pelo menos entre os três primeiros''.
Já Ywama ficou em segundo no torneio e em quarto no Brasileiro. Agora pretende melhorar as marcas e está focado na vitória. ''Nem penso em perder'', diz o garoto.
Entre as meninas, a mais experiente é Aline Trindade, de 15 anos. Ela compete pela categoria juvenil. ''Estou treinando bastante para conseguir o primeiro lugar'', diz a adolescente.
Já Ketellyn Ludmila dos Santos Félix, de 10 anos é uma das promessa da categoria infantil. ''Tenho que fazer melhor do que estou fazendo nos treinos, têm algumas coisas que ainda preciso melhorar'', afirma Ketellyn.
Depois da competição, eles retornam a Londrina e voltam a treinar para o Campeonato Brasileiro, onde apenas a equipe masculina participa. ''Nessa competição o número de atletas acaba não influindo tanto, pois são escolhidas as três melhores notas. É isso que pretendemos atingir'', finaliza o técnico.

Confira mais fotos (exclusivas para a FolhaWeb):

Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional
Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional Ginastas da Alga competem no Torneio Nacional