Está tudo bem no Santos, pelo menos aparentemente. O novo quadro, porém, só será confirmado sábado, depois do jogo contra o Vasco da Gama. Até lá, o técnico Giba irá trabalhar com sua autonomia comprometida, pois um dos compromissos assumidos terça-feira foi justamente o de dialogar mais com os quatro jogadores que detêm maior liderança no elenco: Edmundo, Rincón, Carlos Germano e Valdo. A situação pode provocar desconforto para o treinador, que só será mantido no cargo em caso de vitória.