Imagem ilustrativa da imagem FUTEBOL NACIONAL<br>GRÊMIO 2 X 3 CORITIBA<br>Alex, com amor e virada no fim




Estava tudo se encaminhando para uma bela jornada para os gaúchos. Mas havia um certo camisa 10 que não estava dentro do script. Barcos marcou duas vezes, quebrou o jejum e se reconciliava com a torcida do Grêmio. O Coritiba não ligou para isso: 3 a 2, com dois de Zé Love e um de Alex, no último lance do jogo.
O Tricolor gaúcho agora completa três jogos sem vencer como mandante. Dois na Arena e um no Alfredo Jaconi, em Caxias. A última vitória no estádio gremista aconteceu no dia 18 de maio, sobre o Fluminense. Depois, ganhou do Botafogo, na Serra.
A rede só balançou no segundo tempo. Zé Love abriu o placar ao driblar Marcelo Grohe em enfiada às costas da zaga aos três minutos. O Pirata entrou em ação, finalmente - ele não marcava há dois meses, desde a vitória sobre a Chapecoense. Aos 11, o argentino cortou a marcação após passe de Fernandinho, e bateu firme. Pouco depois, recebeu de Luan, driblou o goleiro e fez o segundo.
A parte final do jogo, porém, foi alviverde. Alex apareceu. O camisa 10 colocou bola na área na medida para Zé Love desviar de peito e empatar. Aos 49, o meia dominou na frente de Grohe e virou o jogo.



Imagem ilustrativa da imagem FUTEBOL NACIONAL<br>GRÊMIO 2 X 3 CORITIBA<br>Alex, com amor e virada no fim