|
  • Bitcoin 120.390
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2600
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 31/07/2022, 20:43

Fortaleza vence Cuiabá na Arena Pantanal e deixa lanterna do Brasileirão

PUBLICAÇÃO
domingo, 31 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - No duelo de integrantes do Z4 do Brasileirão decidido ainda no primeiro tempo, o Fortaleza venceu o Cuiabá por 1 a 0 na tarde de hoje (31), na Arena Pantanal, no Mato Grosso, pela 20ª rodada do campeonato e pôde respirar um pouco mais fundo na tabela.

Com gol marcado por Robson, o Tricolor de Aço saiu da lanterna da Série A no primeiro jogo do returno e pulou para a 18ª posição, com 18 pontos somados. O Dourado, por outro lado, não saiu do lugar e continua com 20 pontos ocupando a 17ª posição.

FOI BEM: ROBSON

Se Robson não teve sorte na derrota para o Fluminense pela Copa do Brasil no último jogo, a história de hoje foi diferente na Arena Pantanal. O artilheiro do time no ano passado com 15 gols esteve mais tranquilo no ataque por dividir a responsabilidade com Galhardo e teve calma para acertar passes, vencer duelos e perder poucas vezes a bola, além de marcar o único gol do jogo.

FOI MAL: MOISÉS

Moisés quase não teve função tática no jogo. Tendo Galhardo como principal centroavante, o veterano da equipe cearense atuou pelo lado direito do campo e pouco conseguiu aparecer já que as jogadas iniciavam na maioria das vezes no lado oposto, sendo ofuscado principalmente por Romarinho.

CUIABÁ QUASE NÃO PASSA DO MEIO DE CAMPO

O Dourado conseguiu criar algumas chances com Rodriguinho e Kelvin Osorio, mas a dupla teve dificuldade em passar pelo esquema montado por Vojvoda na qual o ataque sempre era neutralizado por Lucas Sasha e Ronald numa primeira oportunidade ou Benevenuto e Titi em último caso num esquema que ficava se alternando sempre que necessário para 4-4-2 ou 4-2-4. As chances claras só começaram a aparecer com a entrada de Valdivia, na segunda etapa, que conseguiu dar mais velocidade ao ataque e se infiltrar no setor defensivo rival.

FORTALEZA ABRE O PLACAR E SEGURA A BOLA

Com uma formação que se alternava entre dois ou quatro jogadores comandando a ofensividade, a equipe conseguiu dar uma resposta um pouco mais convincente no primeiro jogo do returno. Com a dupla Robson e Galhardo no ataque e jogadas iniciadas pelo lado esquerdo vista a fragilidade de João Lucas e Alesson na região, a equipe teve tranquilidade no setor de criação. Após abrir o marcador, o Leão do Pici procurou segurar a bola e tentou segurar os contra-ataques do Cuiabá.

FIM DA INVENCIBILIDADE EM CASA

Essa foi a primeira derrota da equipe mato-grossense após cinco jogos em casa, pelo Brasileiro. Somadas duas vitórias e três empates, a última derrota do Cuiabá na Arena Pantanal foi para o Athletico-PR, por 1 a 0, pela 8ª rodada do Brasileirão, no dia 29 de maio.

CRONOLOGIA

Depois de algumas tentativas de ambas as equipes, Robson, do Fortaleza, abriu o placar aos 24' da primeira etapa. O Cuiabá respondeu aos 27' com finalização de Gabriel Pirani, mas sem resultado. Três minutos depois, Robson voltou a levar perigo ao gol do goleiro Walter com chute de fora da área e Rodriguinho, do Dourado, tentou descontar logo depois de cabeça.

Na volta para a segunda etapa, o Cuiabá saiu mais para o jogo e o Fortaleza recuou. Rodriguinho bateu forte do meio da rua e Fernando Miguel encaixou com tranquilidade logo aos 3'; Aos 10', Osorio tentou com a perna esquerda e a bola passou ao lado do gol tricolor. Valdivia, que entrou no lugar de Osorio teve sua primeira chance logo aos 11' em disputa aérea vencida por Benevenuto e logo depois aos 18' quando mandou de fora da área e a redonda passou próxima da trave.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

No próximo domingo (7) o Dourado volta a campo para encarar o Fluminense, pela 21ª rodada do Brasileirão, às 16h. O compromisso do Leão do Pici é um pouco depois, às 18h do mesmo dia, contra o Internacional.

CUIABÁ: Walter, João Lucas (Daniel Guedes), Joaquim, Marllon, Igor Cariús, Camilo, Pepê, Alesson (André Luís), Gabriel Pirani, Osorio (Valdívia) e Rodriguinho. Técnico: António Oliveira

FORTALEZA: Fernando Miguel, Brítez, Marcelo Benevenuto, Titi, Juninho Capixaba, Lucas Sasha, Ronald, Thiago Galhardo (Matheus Vargas), Romarinho (Otero), Moisés e Robson (Silvio Romero). Técnico: Juan Vojvoda

Local: Arena Pantanal (MT)

Árbitro: Paulo César Zanovelli

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Leonardo Henrique Pereira

Gols: Robson (FOR), aos 24' do 1º T

Cartões amarelos: João Lucas, Igor Cariús (CUI); Thiago Galhardo, Fernando Miguel, Romarinho (FOR)