|
  • Bitcoin 102.874
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 09/06/2022, 22:21

Fortaleza vacila, sofre empate do Goiás no fim e segue na lanterna

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 09 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - Fortaleza e Goiás empataram por 1 a 1 na noite desta quinta-feira (9), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Yago Pikachu e Pedro Raul fizeram os gols da partida, disputada na Arena Castelão.

O resultado mudou pouco a situação das equipes no Campeonato Brasileiro. O time cearense se mantém em último, com seis pontos, enquanto o Goiás é o 12º, com 13. As equipes voltam a jogar no fim de semana: o Fortaleza pega o Athletico Paranaense, em casa, no domingo (12), às 19h, enquanto o Bugre joga no mesmo dia, mas às 16h, contra o Ceará, também em casa.

O Fortaleza entrou em campo inspirado e dominou as ações no início da partida. Aos 15 minutos, o time conseguiu abrir o placar em uma jogada bem construída. Felipe mandou na área, Romero fez o corta-luz, Pikachu girou com a bola e mandou ela para o fundo da rede após disputa com Matheus Sales. O VAR revisou o gol e confirmou pouco depois.

Aos 19, Moisés puxou contra-ataque rápido e Pikachu recebeu a bola outra vez. Ele rabiscou para o meio da área, tentando se livrar da marcação, e, após disputa com Caetano, bateu para fora e caiu. O lance foi revisado pelo VAR mais uma vez e Bruno Arleu foi à tela, mas decidiu que não houve irregularidade no lance.

Com maior força no ataque, o Fortaleza chegou outra vez aos 31. Lucas Lima mandou a bola para Moisés, que saiu limpando a jogada, driblou dois jogadores e tocou para Landázuri. O zagueiro bateu cruzado e Tadeu desviou. A bola saiu pela linha de fundo, mas a arbitragem não viu o desvio e seguiu com o tiro de meta.

Aos 34 e 37, Hércules arriscou duas vezes, mas mandou por cima do gol em ambas. Lucas Lima, nos acréscimos, aproveitou uma sobra e encheu o pé de canhota. A bola desviou no caminho e passou ao lado da trave.

Na necessidade do empate, o Goiás iniciou a correria já no começo da segunda etapa. Em uma falta à longa distância, Fellipe Bastos encheu o pé e mandou direto para o gol, obrigando o goleiro Marcelo Boeck a espalmar a bola para fora. No escanteio, Vinícius conseguiu cabecear, mas não acertou o alvo.

Depois do lance, no entanto, as jogadas ficaram mais equilibradas entre as equipes, sem grandes chances. O Fortaleza só veio a finalizar aos 23, em cobrança de falta de Lucas Lima. O time cearense chegou de novo aos 28, em uma subida rápida de Moisés. O atacante chegou na linha de fundo, mas foi acompanhado por Maguinho, que cortou a bola.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o Goiás conseguiu furar o gol defendido por Marcelo Boeck. Após lançamento na grande área, Renato conseguiu desviar e Pedro Raul mandou o chute, no cantinho, empatando a partida.

FORTALEZA

Marcelo Boeck; Landázuri, Marcelo Benevenuto (Titi) e Ceballos; Yago Pikachu, Felipe (José Welison), Hércules e Lucas Crispim; Lucas Lima (Matheus Jussa); Moisés (Igor Torres) e Silvio Romero (Robson). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

GOIÁS

Tadeu; Sidnei (Danilo Barcelos), Reynaldo e Caetano; Maguinho, Auremir (Pedro Junqueira), Fellipe Bastos (Luan Dias) e Matheus Sales; Vinícius, Dadá Belmonte (Renato Junior) e Pedro Raul. Técnico: Jair Ventura.

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Luanderson Lima dos Santos (BA)

Cartões amarelos: Dadá Belmonte e Matheus Sales (GOI); Hércules (FOR)

Cartões vermelhos: Nahuel Martínez (FOR, auxiliar)

Gols: Yago Pikachu (FOR), aos 12' do 1º tempo; Pedro Raul (GOI), aos 40' do 2º tempo