|
  • Bitcoin 125.397
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/07/2022, 14:01

Flamengo contesta sorteio no STJD para decidir em casa duelo da Copa do Brasil

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de julho de 2022

IGOR SIQUEIRA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo entrou com ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tentativa de decidir em casa o confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil, diante do Athletico. O rubro-negro carioca fez uma medida inominada com pedido de liminar dizendo que a CBF cometeu uma "irregularidade" no sorteio dos mandos.

O pedido será avaliado por Otávio Noronha, presidente do STJD.

Desde terça (19), Flamengo contesta uma prática comum da CBF quando há dois times de massa da mesma cidade a essa altura da competição. "Como procedimento padrão, após a definição dos duelos, os times da mesma cidade foram reunidos no chaveamento para que houvesse uma alternância na ordem de quem mandaria os jogos em casa e fora", explicou a CBF em nota.

Mas o Flamengo questiona esse critério e a maneira com a qual isso foi apresentado no sorteio de terça.

Na ordem cronológica, a bolinha do Flamengo foi a última a ser tirada. Assim, o chaveamento seria Athletico x Flamengo. Àquela altura, no outro lado da chave, já tinha saído o duelo Fortaleza x Fluminense, nesta ordem.

A CBF sempre separa o sorteio em dois momentos e avisa que a definição dos confrontos não diz respeito à ordem dos mandos. A diretoria de competições da entidade inicia o "segundo tempo" do sorteio com pré-definições, evitando, quando possível, que dois times da mesma cidade mandem jogos na mesma semana.

Na terça (19), o desenho de partida foi: Fortaleza x Fluminense e Flamengo x Athletico, já com a inversão proposital em relação à ordem de sorteio das bolinhas no momento anterior.

Saiu a bola ímpar e a ordem ficou conforme do desenho. Se saísse bola par, ficaria Fluminense x Fortaleza e Athletico x Flamengo no jogo de ida.

O Flamengo critica esse procedimento da CBF, embora tenha ocorrido o mesmo ritual na fase anterior, de oitavas de final. O Fla, cronologicamente, saiu na segunda coluna do jogo contra o Atlético-MG. Mas, na hora de definir os mandos, a CBF colocou o rubro-negro na primeira coluna.

No STJD, o Flamengo cita qeu sofreu "inegável e irremediável prejuízo desportivo". O clube alega que a CBF, nas oitavas de final, já tinha colocado o Botafogo para atuar na mesma semana como mandante no Rio, mas no dia seguinte ao duelo do Flamengo contra o Atlético-MG.

Logo, o clube tenta convencer o tribunal de que não há razão para esse direcionamento de inversão dos times da mesma cidade, se os jogos da Copa do Brasil podem ser disputados em dos dias seguidos.

O Flamengo cita ainda que esse critério de pré-direcionamento não está no regulamento específico da Copa do Brasil ou até mesmo no Regulamento Geral de Competições da CBF.

Já depois do sorteio, Cacau Cotta, diretor de relações externas do Fla, se reuniu com Júlio Avellar, diretor de competições da CBF. Aparentemente, as coisas estavam entendidas, embora o Flamengo reclamasse de falta de transparência no processo. Mas o caso tomou o caminho jurídico.

Nota oficial da CBF

"No Sorteio das Quartas de Final da Copa Intelbras do Brasil 2022, foram definidos os confrontos e mandos de campo da próxima fase da competição.

Como procedimento padrão, após a definição dos duelos, os times da mesma cidade foram reunidos no chaveamento para que houvesse uma alternância na ordem de quem mandaria os jogos em casa e fora.

Por isso, as partidas Fluminense x Fortaleza e Athletico Paranaense x Flamengo foram relacionadas. Como o Fla foi sorteado depois, sua posição no gráfico de confrontos foi ajustada. No sorteio dos mandos, a bola ímpar determinou que a ordem vista na tela seria mantida, com o Fluminense decidindo como mandante e o Flamengo como visitante.

O mesmo cenário já se repetiu no Sorteio das Oitavas de Final, quando a posição do Flamengo no confronto com o Atlético Mineiro foi trocada, posicionando o Fla como mandante na volta, e a de Fluminense x Cruzeiro permaneceu como estava, deixando o Flu como visitante na volta."