|
  • Bitcoin 101.763
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 12/06/2022, 10:36

Ferrari decepciona e vê dobradinha da Red Bull no GP do Azerbaijão

PUBLICAÇÃO
domingo, 12 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "A RBR está rápida", alertava o espanhol Carlos Sainz, da Ferrari, ainda na quinta volta do GP do Azerbaijão. Era o prenúncio da dobradinha que seria conquistada pela Red Bull na oitava etapa da temporada 2022 de Fórmula 1, disputada neste domingo (12), em Baku.

O holandês Max Verstappen cruzou a linha na primeira colocação, seguido pelo companheiro de equipe, o mexicano Sergio Pérez, em corrida que terminou novamente em decepção para a escuderia italiana.

Depois de um duelo particular nos treinos, premiado com a pole position do monegasco Charles Leclerc, a Ferrari viu seus dois pilotos abandonarem a corrida com problemas técnicos em seus carros.

"Isso nos machuca. Nós realmente precisamos trabalhar nisso, para que não aconteça novamente. Eu realmente não consigo encontrar as palavras certas para descrever. É muito decepcionante", disse Leclerc ao deixar o circuito.

O piloto da Ferrari havia largado em primeiro e liderava a corrida no momento em que sofreu com uma pane no motor de seu veículo.

Leclerc vem repetindo este roteiro, sem conseguir converter o bom desempenho dos treinos em vitórias: era a quarta pole consecutiva do piloto da Ferrari, sem vitória em nenhuma delas. Ele largou na liderança em ao todo seis vezes nesta temporada, mas só venceu no Bahrein e na Austrália.

A escuderia deixou a pista do Azerbaijão sem pontos, uma vez que Carlos Sainz também abandonou a prova devido a um problema hidráulico no veículo. Assim, a Red Bull ampliou ainda mais sua vantagem no campeonato de construtores, e termina o fim de semana com 279 pontos, ante 199 da Ferrari e 161 da Mercedes.

Com bom desempenho na pista, a exemplo do que havia acontecido nos treinos, a Red Bull conseguiu emplacar os dois primeiros lugares. George Russell, da Mercedes, completou o pódio no Azerbaijão.

Esta foi a 25ª vitória de Verstappen na F1, número que já o coloca entre os dez maiores vencedores da história da modalidade, aos 24 anos, à frente do pentacampeão argentino Juan Manuel Fangio.

O triunfo manteve uma escrita do Circuito de Rua de Baku, o de nunca ter sido vencido duas vezes por um mesmo piloto. Isso vem acontecendo desde a estreia da pista na modalidade, em 2016, com vitórias de Nico Rosberg, Daniel Ricciardo, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Sergio Pérez e, agora, Verstappen.

"Hoje tivemos um ritmo incrível. No geral, estou muito feliz com o equilíbrio do carro e com a dobradinha da equipe. Foi um dia muito bom para nós", declarou o holandês.

O heptacampeão mundial Lewis Hamilton, por sua vez, largou na sétima colocação e concluiu a prova no quarto lugar. Ao fim da corrida, o piloto inglês da Mercedes foi eleito o melhor do dia pelo público.

Após oito etapas disputadas, Verstappen lidera o Mundial de Pilotos com 150 pontos, contra 129 de Pérez e 116 de Leclerc, ultrapassado pelo mexicano com o resultado deste domingo.

A próxima etapa da temporada 2022 da F1 está marcada para o próximo fim de semana, no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, no Canadá.