|
  • Bitcoin 149.495
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2126
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 08/04/2022, 21:02

Fernando Prass condena violência de torcedores de Flamengo e Corinthians

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 08 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os casos de violência que cercaram o futebol nos últimos dias, principalmente envolvendo torcedores de Flamengo e Corinthians, resultaram em posicionamentos fortes de pessoas ligadas ao esporte mais popular do país. Dentre elas, o ex-jogador Fernando Prass, que foi às redes sociais para condenar os atos praticados contra os jogadores de ambos os clubes -curiosamente, rivais do ex-goleiro, que defendeu as cores de Vasco e Palmeiras durante sua vitoriosa carreira.

"Estamos quase lá! (acontecer uma tragédia). É só questão de tempo! E O que nós estamos fazendo? N A D A! Futebol é competição, cobrança, pressão, vitória, derrota, etc. Isto que estamos vendo não pode ser normalizado, isso não tem nada a ver com futebol, isso é terrorismo e com a conivência de muitos!", postou Prass, que ainda salientou: "estes são só dois casos, poderíamos citar aqui muitos outros".

Nos comentários da postagem, ex-jogadores e atletas ainda em atividade fizeram coro às críticas. Vilson Menezes, que também passou por Vasco e Palmeiras -além de Grêmio, Cruzeiro e Corinthians-, escreveu: "Ótima colocação, Prass". Enquanto Dedé Vital, atualmente no Athletico Paranaense, aplaudiu o ex-companheiro.

Vale lembrar que Prass já passou por algo parecido enquanto defendia o Palmeiras, onde atualmente é tido como grande ídolo. O caso aconteceu em 2013, quando o clube paulista -que disputava a Série B do Campeonato Brasileiro- retornava de um jogo da fase de grupos da Copa Libertadores e viu elenco e torcida entrarem em confronto no aeroporto. O então goleiro alviverde, com um ferimento na orelha por causa dos estilhaços de vidro, teve de receber atendimento.