Retomada -

Federação Paranaense protocola pedido para a retomada do futebol

Entidade encaminhou projeto à Secretaria de Saúde do Estado e aguarda resposta para autorizar volta aos treinos

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha

A FPF (Federação Paranaense de Futebol) encaminhou um novo protocolo para a Secretaria de Saúde do Estado para a retomada das atividades do futebol no Paraná. A entidade busca seguir os passos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que já liberaram a volta aos treinos.


O documento contém algumas recomendações do ponto de vista médico e sanitário para o retorno gradativo aos treinamentos. No final de abril, a FPF já havia protocolado um documento na secretaria estadual com regras e regulamentações para a volta aos treinamentos. No entanto, o governo não se posicionou oficialmente sobre o pedido.



Federação Paranaense protocola pedido para a retomada do futebol
Rafael Ribeiro/CBF
 


 

“Acrescentamos mais alguns pontos dentro do que nos foi solicitado em relação ao primeiro protocolo e agora vamos aguardar uma posição das autoridades”, afirmou o presidente da FPF, Hélio Cury, que na semana passada se reuniu com o secretário de Saúde, Beto Preto, para discutir caminhos para a volta aos treinos.


A Federação Paranaense ainda não fala em datas para a retomada, mas o pensamento da entidade é que os clubes tenham ao menos 20 dias de treinamento antes do reinício do Estadual.


Hélio Cury ressaltou, entretanto, que a volta das atividades do futebol só será autorizada pela entidade com o endosso explícito das autoridades de saúde. “A Federação trata do negócio futebol, a questão da pandemia é com os órgãos especializados. Mas garanto que no Paraná não haverá futebol sem a autorização e a recomendação dos responsáveis pela saúde do estado”.


Clubes

Enquanto não há prazo para o retorno dos treinos presenciais, os principais clubes paranaenses seguem com trabalhos on-line com os jogadores. No Londrina, os atletas continuam em casa e recebendo planilhas de treinamentos da comissão técnica.


Em razão da indefinição do calendário, o LEC não tem renovado o contrato de jogadores, que tinham vínculos até o fim de abril. Casos do volante Denner e do atacante Thiago Henrique, que já foram liberados. O zagueiro Augusto foi emprestado ao Juventude (RS).




Athletico, Coritiba, Paraná e Operário também seguem realizando trabalhos remotos com o elenco. Na terça-feira (19), o Coritiba realizou testes da Covid-19 em todos os jogadores e membros da comissão técnica e espera os resultados para os próximos dias. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:


Continue lendo


Últimas notícias