FESTA NO INTERIOR -

FC Cascavel bate o Athletico e enfrenta o Londrina na final


Vitor Ogawa - Grupo Folha
Vitor Ogawa - Grupo Folha

O FC Cascavel venceu o Athletico no jogo de volta pela semifinal do Campeonato Paranaense por 2 a 1, depois de empatar em 1 a 1 na primeira partida. O resultado agregado foi de 3 a 2. Com o resultado o time da Serpente Aurinegra será o adversário do Londrina na final da competição. As datas da final ainda serão definidas, mas o fato do FC Cascavel não ter um calendário tão atribulado como o do Athletico facilita para encontrar uma data que seja adequada para as duas equipes para as finais. A previsão inicial era que a competição terminasse em maio, mas a pandemia e os decretos de restrição de eventos impossibilitaram o cumprimento do cronograma. 



 

O FC Cascavel venceu o Athletico no jogo de volta pela semifinal do Campeonato Paranaense por 2 a 1, depois de empatar em 1 a 1 na primeira partida.
O FC Cascavel venceu o Athletico no jogo de volta pela semifinal do Campeonato Paranaense por 2 a 1, depois de empatar em 1 a 1 na primeira partida. | Reprodução/ Instagram FC Cascavel
 



O gol do Furacão saiu logo no início do primeiro tempo. Renato Kayser roubou a bola de Gama e passou para Nikão na área, que chutou de pé esquerdo no canto esquerdo de Ricardo aos 5 minutos do primeiro tempo. O empate veio aos 2 minutos do segundo tempo. Willyan Sotto arrancou pela direita e fez o cruzamento, Rogério avançou sozinho e, de cabeça, marcou para o Aurinegro, sem chances para o goleiro Anderson. Aos 19 minutos do segundo tempo, o FC Cascavel virou o jogo. Depois de cobrança de escanteio de Sotto,  Léo Itaperuna se antecipou em relação a Richard e, de cabeça, marcou o gol que deu vantagem ao time do Oeste.


O FC Cascavel entrou em campo apenas com os 11 jogadores titulares e 3 no banco. O time chegou a pedir o adiamento do jogo contra o Furacão, na sexta-feira (03), devido a um surto de Covid-19 que contaminou jogadores e parte da comissão técnica. Gama, Duda e Lucas estavam em quarentena e na terça-feira (07), realizaram novos exames e o resultado foi negativo para o vírus e com isso se habilitaram para a partida. O técnico Tcheco não pôde estar em campo, porque está com Covid-19.


Desde 1980,  um time de Cascavel não conquista um título do Campeonato Paranaense, quando o Colorado e o Cascavel dividiram o título. Naquele ano não houve o apito final, pois o árbitro Tito Rodrigues determinou o encerramento da partida no inicio do segundo tempo porque o time do interior ficou com seis jogadores em campo, quando o placar era de 2 a 0 para o clube da capital. A decisão foi para a Federação Paranaense de Futebol, que determinou a divisão do título entre as duas equipes. Naquele ano o Colorado precisava vencer por 5 gols de diferença para conquistar o título. 


EM CASCAVEL


FC Cascavel 2 x 1 Athletico

Local: Estádio Olímpico Regional

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (PR)

Gols: Nikão (5 minutos do 1º tempo), Rogério (2 minutos do 2º tempo), Léo Itaperuna (19 minutos do 2º tempo)


FC Cascavel: Ricardo; Diego Giaretta, Lucas Oliveira e Willian Gomes; Carlinhos, Willyan Sotto (Duda), Gama, Henrique e Willian Simões; Léo Itaperuna (João Guima) e Rogério (Douglas) Técnico: Tcheco

Athletico: Anderson; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Márcio Azevedo (Nicolas); Richard (Erick), Juninho e Jadson (Carlos Eduardo); Nikão, Jader (Jaderson) e Renato Kayzer (Vinícius Mingotti)Técnico: António Oliveira

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo