Agência Estado
De São Paulo
Há 21 anos a Ferrari não conquista o Mundial de Pilotos. Mas não é só esse tabu que a escuderia de Maranello pretende quebrar este ano. Outra dessas marcas históricas pode cair neste domingo: desde 1990, portanto há dez anos, o time italiano não vence o GP do Brasil. A última vez foi que a Ferrari chegou em primeiro no País foi em 1990, quando a F-1 voltou para São Paulo, depois de nove anos no Rio de Janeiro. Alain Prost venceu.
Já a sua maior adversária na temporada, a McLaren, é a escuderia com melhor retrospecto na etapa brasileira do campeonato. Desde que o Brasil foi introduzido no calendário, em 1973, os ingleses ganharam nove vezes, contra cinco da Ferrari, sendo que Mika Hakkinen vem de dois sucessos com a McLaren em São Paulo, em 1998 e 1999.
Se existe uma razão maior para hoje a Ferrari poder lutar pela vitória ela é a construção de um novo túnel de vento, nas dependências da equipe, em Maranello. A opinião é do projetista da F1-2000, Rory Byrne. O carro foi o primeiro a ser inteiramente concebido a partir dos estudos aerodinâmocos desenvolvidos no novo túnel.