|
  • Bitcoin 122.808
  • Dólar 5,0904
  • Euro 5,2197
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 26/07/2022, 10:26

Ex-técnico do Corinthians, Passarella sofre com doença neurodegenerativa

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 26 de julho de 2022

RENAN LISKAI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Sem comandar uma equipe há 15 anos, Daniel Passarella vem, progressivamente, sofrendo com uma doença neurodegenerativa. Segundo informa o jornal Olé, da Argentina, o treinador, de 69 anos, tem passado por um processo de deterioração cognitiva, que tem feito com que perca a memória.

Os sintomas têm sido crescentes ao longo dos últimos anos, inspirando ainda mais cuidados ao ex-treinador, que já passou pelo Corinthians. Para evitar que Passarella se perca, pessoas próximas relatam acompanhar o argentino em todas as suas saídas de casa e os passeios têm se limitado a voltas pelo bairro onde Daniel reside na Argentina.

Recentemente, Passarella teve seu nome ligado a interesse de clubes do Oriente Médio, do futebol sul-americano e até mesmo à seleção da Bolívia. Entretanto, pessoas próximas do argentino garantiram ao 'Olé' que foram apenas boatos criados pela mídia, já que o técnico não tem mais condições de assumir qualquer cargo.

Ídolo e criado no River Plate como jogador, Passarella começou sua carreira como técnico no mesmo clube. Em 1994, assumiu a seleção da Argentina, onde ficou até 1998. Depois, passou pelo comando do Uruguai e voltou ao universo dos times, treinando Parma (ITA), Monterrey (MEX) e Corinthians.

O último trabalho de Passarella como técnico foi no River Plate, entre 2006 e 2007. Em 2009, o ex-zagueiro foi eleito presidente dos Millonarios e conviveu com tempos sombrios, já que era o mandatário durante o rebaixamento histórico da equipe no Campeonato Argentino, em 2011. Daniel presidiu o time até 2013 e depois deixou o mundo do futebol.