São Paulo, 07 (AE) - A atacante Virna Dias, titular da seleção brasileira e do Flamengo/Petrobrás, equipe invicta na Superliga Feminina, é a maior pontuadora do torneio até agora. Virna marcou 90 pontos (71 de ataque, 13 de bloqueio e 6 de saque). A força da jogadora está devidamente registrada nas estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), uma atividade que traz emprego a 140 profissionais de educação física. O grupo é supervisionado por Sandra Caldeira, que trabalha na área desde 1977 e, na seleção, comandou a estatística pela primeira vez, em 1987.
Sandra coordena o treinamento de todos os profissionais que trabalham na estatística - "onde tiver jogo da Superliga, mesmo que sejam dez em uma única noite, haverá alguém anotando as ações set a set", afirmou. Também é a comandante da central instalada no Instituto Nossa Senhora Auxiliadora, em São Paulo, onde 11 computadores, em rede, recebem as informações e atualizam as estatísticas (e o site - endereço eletrônico na Internet) da CBV. "As planilhas são enviadas para a central set a set", diz a profissional, sem revelar o custo da atividade.
Quanto à utilidade das estatísticas, Sandra faz uma lista grande, citando, entre outros usos, o fato de "produzir informações que ajudam o trabalho da imprensa e, naturalmente, destacam a atuação dos atletas". Sandra recorda-se de um fato ocorrido em 1987/1988, quando o desconhecido Renato Felizardo virou notícia após liderar a estatística entre os atacantes por dez rodadas.
Os próprios técnicos usam as estatísticas como elemento de motivação. "Muitas vezes, eles copiam os números e colam na parede", comenta Sandra. "Lembra de como rendeu notícia a história do casal Kid e Andréia, especialistas na defesa, que foram os melhores líberos de uma Superliga?"
A Superliga Feminina de Vôlei será retomada amanhã, com cinco jogos válidos pela sétima rodada do turno. O líder Flamengo, da técnica Isabel, vai fazer a principal partida, contra o campeão paulista Blue Life/Pinheiros, às 15 horas, no Grajaú Country Club, no Rio (com SporTV). Completam a rodada, às 17 horas: BCN/Osasco x Recreativa, MRV/Minas x São Caetano, Fox/Santa Helena x Grêmio Londrina; às 19 horas, Petrobrás/Macaé x Petrobrás/Força Olímpica.