Contra o Internacional de Porto Alegre, hoje, às 22 horas, no Canindé, a Portuguesa vai contar com a força e as informações de dois jogadores que conhecem bem o Sul mas não são gáuchos dos Pampas. Os volantes Élson e Simão atuaram na equipe adversária, em 1991 e 92 e têm a receita de como vencer.
Contra um possível adversário fechado, jogando com forte marcação e utilizando apenas os contra-ataques, os volantes darão muitas dicas ao técnico Lula Pereira e farão com que o time gaúcho prove do seu veneno, a forte marcação.
Para confundir o adversário, o técnico Lula Pereira mantém o suspense e só divulgará a escalação da Portuguesa nos vestiários. Lula também não se ilude pelo momento que a Lusa está e diz que a vitória é imprescindível para o time chegar à conquista da vaga. ‘‘Hoje estou no céu mas se perder volto para o inferno.’’ desconversa.
Uma vitória para aumentar as chances de classificação e fugir da crise é o objetivo do Internacional hoje contra a Portuguesa, em São Paulo. O time ficou abatido com a derrota de 2 a 1 para o Grêmio. O mau resultado deixou a equipe do técnico Zé Mário na 19ª colocação.
No clássico, o Inter perdeu dois jogadores por expulsão, casos do atacante Fabiano e do volante Fábio Rochemback. Outro homem de marcação, Leandro Guerreiro, foi submetido à cirurgia e está em período de convalescença. Havia dúvida sobre a utilização do volante Carlinhos, que ainda passaria por testes físicos.