|
  • Bitcoin 144.334
  • Dólar 4,8307
  • Euro 5,1558
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 05/04/2022, 15:58

Embalado por vitória no Carioca, Fluminense estreia na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 05 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense inicia a trajetória na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira (6), a partir das 19h15, no Maracanã (RJ), contra o Oriente Petrolero. A disputa no torneio acontece após o time ter vencido o Campeonato Carioca no sábado (2), em clássico contra o Flamengo.

Herói do Fluminense na conquista do estadual, com três gols nos dois jogos finais contra o Flamengo, o atacante Germán Cano concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (4), ao lado do troféu da competição. O argentino apontou que o título dá confiança ao elenco para o restante da temporada, e que a eliminação na terceira fase preliminar da Libertadores serviu de aprendizado para o time.

"Acho que o Fluminense pode chegar muito longe [na Sul-Americana]. O time está trabalhando para continuar melhorando, continuar fazendo o trabalho que o Abel está fazendo. Hoje [segunda-feira] temos treino para analisar, montar o time, e o que vai fazer nesta quarta-feira. Ganhamos essa taça [do Carioca], para nós, é muito importante, sobretudo para a confiança. Voltar a ter a confiança que perdemos quando jogamos contra o Olimpia, na Libertadores. Serviu de experiência esse jogo para não fazer a mesma coisa na Sul-Americana", disse.

"O time está com muita confiança. Acho que o Fluminense vai dar muita briga na Sul-Americana porque queremos essa taça também", completou.

Questionado sobre a identificação que criou com o clube tricolor, e até a euforia com a música que zoa o Vasco, seu ex-clube, Cano ressaltou a ligação que criou com o Fluminense e apontou ainda não ter ideia da dimensão do que representa esse momento.

"Acho que o jogador nunca tem de perder essa alegria. Estou muito identificado. Levantar essa taça com técnico, companheiros e torcida, para mim, é muito importante. Ainda não tenho noção, não sei o que está acontecendo. Acho que, com o passar dos anos, vou entender. Se você acredita no trabalho, na performance, as coisas acontecem em campo. É um momento único, muito bom para mim e minha carreira. Ter sido campeão no Maracanã, para mim, foi muito gratificante", afirmou.

Ele também elogiou o atual ambiente entre os jogadores e diretoria.

"O ambiente com companheiros, presidente, diretoria, é muito especial. O apoio é muito importante, independentemente se o time perde ou ganha, sempre estão apoiando. É um momento único, especial. Quero desfrutar muito desse presente. Agora que posso levantar essa taça [do Carioca], quero continuar fazendo história aqui no Fluminense", avisou.

O camisa 14, por outro lado, já pede que o elenco olhe os próximos passos em 2022:

"A gente tem de ficar ligado no próximo jogo. O Carioca já passou, já comemoramos. Agora, é ficar ligado para no próximo jogo fazer o melhor para o time".

Para a estreia na Sul-Americana, o Fluminense tem como ausência confirmada o zagueiro Felipe Melo, afastado para realizar uma cirurgia no joelho. Uma provável escalação para a partida tem: Fábio; Manoel, David Braz e Nino; Calegari, André, Yago Felipe, Ganso e Cristiano Silva; Willian Bigode e Cano.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira (6)

Árbitro: José Argote (VEN)

Transmissão: Conmebol TV