|
  • Bitcoin 125.123
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 17/07/2022, 22:21

Egonu bate recorde mundial de velocidade de ataque em final contra Brasil

PUBLICAÇÃO
domingo, 17 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Brasil ficou com o vice-campeonato da Liga das Nações em uma final em que a Itália foi superior durante os três sets, contando com o ataque poderoso de Paola Egonu. A oposta chegou a bater o recorde de ataque mais veloz do mundo.

Dos 21 pontos que Egonu marcou, um em especial, ainda no primeiro set, foi histórico. Com incríveis 112,7km/h, a bola saiu da mão da italiana direto para o chão, sem chances para a defesa do Brasil. O recorde anterior era de 110,3 km/h, da sérvia Tijana Boskovic. Agora em terceiro lugar, fica a canadense Kiera Van Ryk, com 108,1 km/h.

Com apenas 23 anos, a camisa 18 da Itália é considerada uma das melhores jogadoras do mundo atualmente e seu ponto forte, claro, é justamente o ataque. Ela foi essencial para o título inédito italiano, que bateu a seleção de Zé Roberto Guimarães em sets diretos. O placar ficou 25/23, 25/22 e 25/22.