|
  • Bitcoin 104.567
  • Dólar 5,2958
  • Euro 5,5180
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 30/05/2022, 15:42

Dudu vive série de substituições e só completa 25% dos jogos como titular

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 30 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Aos 16 minutos do segundo tempo na vitória do Palmeiras no clássico contra o Santos, Dudu foi substituído e deu lugar ao atacante Rafael Navarro. Essa foi a décima vez, nos últimos treze jogos como titular, que o camisa 7 não fica até o final de uma partida do clube alviverde, saindo de campo por decisão da comissão técnica.

Essa marca de apenas 25% dos jogos atuando do começo ao fim, desde o término do Campeonato Paulista, virou tema nas redes sociais após o clássico paulista. Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, principal organizada do Palmeiras, fez uma análise da partida em seu perfil no Instagram e tocou nesse ponto.

Ele elogiou Marcelo Lomba e Gustavo Gómez e questionou a substituição de Dudu, que aproveitou o post para alfinetar sua saída no jogo: "Minha saída é normal, pô!!! Só posso jogar 60 minutos por jogo agora", comentou Dudu, com emojis de risada.

Pelo Instagram, Dudu buscou amenizar qualquer tipo de polêmica.

"Gente, vamos parar com isso! Não tem polêmica nenhuma. Só falei que, hoje, joguei 60 minutos. Não tem nada de mais. Meio de semana [contra o Deportivo Táchira, pela Libertadores], joguei 90 minutos, normal também. A vitória é sempre o mais importante e, hoje, mais uma vez, ela veio. O time todo está de parabéns. Tenham certeza que, se eu tivesse que falar alguma coisa, não iria na internet, seria direto ao treinador, sempre com muito respeito à sua liderança e ao trabalho dos meus companheiros", postou em sua conta.

Analisando apenas o Campeonato Brasileiro, Dudu jogou oito partidas e foi substituído em sete delas. O único jogo na competição em que o atacante ficou até o final foi no empate por 1 a 1 com o Fluminense, quando marcou o gol do time alviverde.

Outros jogadores importantes do Palmeiras também foram substituídos no torneio nacional. Essa postura faz parte da estratégia do técnico Abel Ferreira, que prega o rodízio de atletas para evitar um desgaste maior.

No entanto, alguns outros jogadores de destaque do elenco não foram tantas vezes substituídos. Companheiro de ataque de Dudu, Rony foi titular em sete partidas e foi substituído em quatro delas.

Gustavo Scarpa começou como titular em cinco e foi substituído em apenas duas oportunidades. Já Raphael Veiga jogou sete vezes, saiu em três delas, sendo que duas dessas alterações foram faltando poucos minutos para o fim.

O próximo jogo do Palmeiras será no domingo (5), quando recebe o Atlético-MG, no confronto direito entre os líderes do Brasileiro.