|
  • Bitcoin 105.133
  • Dólar 5,2155
  • Euro 5,4507
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 03/06/2022, 15:54

Douglas Souza confirma volta ao vôlei e assina com clube da Superliga

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 03 de junho de 2022

DEMÉTRIO VECCHIOLI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um dos candidatos ao título da Dança dos Famosos, o ponteiro Douglas Souza anunciou nesta sexta-feira (3) seu retorno ao vôlei. O jogador, campeão olímpico com a seleção brasileira na Rio-2016, vai defender o Farma Conde/São José Vôlei, equipe de São José dos Campos, no interior de São Paulo.

No vôlei, o Brasil segue o calendário internacional, e a temporada começa na virada do semestre. Ou seja: oficialmente, a temporada 2022/2023 começou no dia 1º de junho, anteontem. Douglas já tinha tudo acertado com São José, mas esperou o contrato começar a valer para anunciá-lo.

Douglas começou a carreira no Sesi, onde jogou até 2018, e depois passou pela equipe multicampeã de Taubaté, disputando três temporadas pelo time, a última delas em 2020/2021. Há um ano, antes mesmo da Olimpíada de Tóquio, acertou com o Vibo Valentia, da Itália, para sua primeira experiência internacional.

Transformado em celebridade durante os Jogos Olímpicos, Douglas não se adaptou bem à nova vida na Itália, onde reclamava não ter uma boa internet em casa. Segundo relatos, não fez amigos e sentia saudade dos cachorros que deixou no Brasil. Em dezembro, sem comunicar a ninguém no clube, arrumou as malas e voltou para São Paulo, sem nem negociar um encerramento de contrato.

A postura pegou muito mal no meio do vôlei, porque trocas durante a temporada são incomuns, e Douglas deixou o Vibo sem seu principal atleta e sem ter onde buscar reposição, no que foi considerado uma atitude desleal. Em março, já sabendo que teria as portas fechadas na seleção brasileira, Douglas anunciou que não mais defenderia o Brasil, dizendo que a decisão era para cuidar de sua saúde mental.

Na época, ele já indicava que só aceitaria jogar em uma equipe de São Paulo. Isso reduziu suas possibilidades a Sesi-SP (que não tem contratado jogadores de ponta), Vedacit/Guarulhos, Vôlei Renata/Campinas e o São José, que teve a campanha mais fraca entre os quatro na última Superliga, terminando a fase de classificação em sétimo lugar — depois foi atropelado pelo Sada/Cruzeiro nas quartas.

"Estou super feliz de voltar a jogar no meu país. Super ansioso para voltar a rotina de treinos e jogos! Vamos com tudo!", escreveu no Instagram, compartilhando vídeo dele com a camisa de outros clubes.

Além de jogador, o ponteiro trabalha como influenciador digital e apresenta lives de games para o Facebook. No Instagram, aparece com 2,5 milhões de seguidores. Em Tóquio, chegou a passar dos 3 milhões.