Dorival Júnior nega contato do Corinthians após demissão de Tiago Nunes


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O treinador Dorival Júnior negou que tenha recebido qualquer contato do Corinthians após a demissão de Tiago Nunes do time paulista. Dorival está livre no mercado desde o final de agosto, quando foi demitido pelo Athletico Paranaense, após uma sequência de quatro derrotas no Campeonato Brasileiro.

"Não teve contato nenhum do Corinthians. Tive contato com a diretoria do Corinthians em três oportunidades, mas já faz tempo e não deu certo porque eu estava empregado no momento. Ainda que interinamente, hoje tem um profissional trabalhando lá. Até agora, não houve nenhum contato", disse em entrevista ao Seleção SporTV, nesta terça (15).



Dorival também falou sobre sua passagem pelo Athletico, dizendo que se surpreendeu com as circunstâncias de sua demissão, uma vez que teve pouco tempo para trabalhar, conduziu o time ao tricampeonato paranaense e participava de um processo de remontagem depois da saída de vários atletas do clube que foi campeão da Sul-Americana em 2018 e da Copa do Brasil em 2019.



"Para mim, foi um fato novo essa situação que eu vivi no Athletico. Dizem que eu fiquei lá oito meses, mas não foram oito meses. Quando eu tive a chance de trabalhar um pouco no início do ano, logo veio a parada. Tínhamos vários jogadores machucados ou vendidos. Eu até brincava que parecia um Big Brother, cada semana saía um do elenco. Perdemos dezesseis jogadores. Tudo o que foi montado em 2018 e 2019 já não existia. Os garotos do sub-23, que teoricamente jogariam só o estadual, passaram a trabalhar direto com os profissionais por conta das perdas, pulando etapas", completou.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo