|
  • Bitcoin 143.750
  • Dólar 4,8081
  • Euro 5,1381
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 19/03/2022, 17:57

Darlan Romani supera bicampeão olímpico do arremesso do peso e leva Mundial Indoor

PUBLICAÇÃO
sábado, 19 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Darlan Romani, 30, é campeão mundial indoor de arremesso do peso. O catarinense registrou a melhor marca de sua carreira, neste sábado (19), em Belgrado, e conquistou a medalha de ouro da modalidade do Mundial Indoor de Atletismo.

Arremesso após arremesso, ele foi quebrando o recorde sul-americano indoor. Registrou 21,74 m na primeira tentativa, 21,79 m na segunda e assegurou o ouro na terceira, com 22,53 m. Nas três seguintes, obteve ainda um 22,18 m.

Com os 22,53 m, Romani deixou para trás o norte-americano Ryan Crouser, atual bicampeão olímpico, que atingiu 22,44 m. Completou o pódio na Sérvia o neozelandês Tomas Walsh, com 22,31 m.

Foi a 16ª medalha do Brasil em edições indoor do Mundial de atletismo, cinco de ouro. Darlan se juntou a Zequinha Barbosa (800 m, Indianápolis-1987), Fabiana Murer (salto com vara, Doha-2010) e Mauro Vinícius da Silva (salto em distância, Istambul-2012 e Sopot-2014) na lista de brasileiros campeões.

O catarinense conquistou muitos fãs com sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano passado. Na ocasião, ficou na quarta colocação. O pódio ficou no quase, mas ele ganhou aplausos pelo carisma, pelas entrevistas espontâneas e pela superação diante de más condições de treinamento.

Como não ganhou medalha, Romani não recebeu prêmio do COB (Comitê Olímpico Brasileiro). Um grupo de fãs, porém, organizou uma vaquinha virtual que arrecadou R$ 302.275 para o atleta. Bem mais do que os R$ 36 mil destinados pelo COB a cada campeão olímpico.