|
  • Bitcoin 111.000
  • Dólar 5,2393
  • Euro 5,5136
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 18/06/2022, 21:09

Cuiabá e Ceará criam pouco e empatam sem gols na abertura da 13ª rodada

PUBLICAÇÃO
sábado, 18 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em um jogo de poucas oportunidades, Cuiabá e Ceará ficaram no empate sem gols na abertura da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo da noite deste sábado (18) aconteceu na Arena Pantanal.

O time nordestino chega a sete empates (três seguidos) e se torna o clube com mais igualdades no Campeonato Brasileiro. O resultado faz com que o clube alvinegro durma na décima colocação, com 16 pontos. Já o time auriverde, com 13, permanece na zona de rebaixamento, ocupando o 18º posto.

Mesmo atuando em casa, o Cuiabá pecou demais na partida. Sem intensidade e meias criativos, não conseguiu levar perigo ao gol defendido por João Ricardo. O atacante André Luís, pela direita, foi quem mais procurou jogo e tentou fazer algo de diferente.

O time ainda tentou adotar uma postura mais agressiva na volta do vestiário, mas o ímpeto foi facilmente contido pelos visitantes.

Poupando peças importantes para o jogo contra o Fortaleza no meio da semana pela Copa do Brasil, como Vina e Mendoza, o Ceará adotou uma postura mais retraída em campo. O técnico Marquinhos Santos apostou em dois volantes no meio-campo e enfraqueceu o poder de criação do time alvinegro.

A solução encontrada pela equipe foi levantar bolas na área para aproveitar a altura de Cléber, que saiu aos 13 minutos do segundo tempo. No chão, Iury Castilho foi quem mais tentou. Com o crescimento do time mato-grossense na etapa final, o treinador fechou ainda mais o clube alvinegro, ao reforçar a marcação no meio.

O primeiro tempo entre as equipes foi muito fraco, com muitas paralisações e apenas uma finalização certa. O único lance de perigo veio aos 38 minutos, quando Pacheco bateu cruzado e acertou a trave.

O Cuiabá voltou melhor do intervalo e passou a pressionar o adversário. Após 12 minutos de superioridade, o Ceará fez três mudanças e conseguiu reequilibrar o embate. E quase nada aconteceu. A melhor chance para mudar o placar veio aos 37 minutos, quando Luiz Otávio cabeceou em cima de Walter.

Este lance foi a única conclusão certa do time alvinegro em toda a partida. O Cuiabá também acertou o gol adversário apenas uma vez.

Nino Paraíba entrou em campo aos 29 minutos do segundo tempo e, com apenas cinco minutos em campo, recebeu o cartão amarelo por uma dividida no meio-campo.

Bruno Pacheco não foi mal no confronto, mas protagonizou a cena mais inusitada. Aos 11 minutos do primeiro, ele deixou a bola escorregar na cobrança de lateral, fazendo com que ela saísse sem nenhuma direção. O árbitro anotou reversão no lance.

O Ceará entra em campo nesta quarta-feira (22), às 19h30, para o clássico contra o Fortaleza nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Já o Cuiabá, eliminado do torneio do torneio mata-mata, volta a jogar apenas pela 14ª rodada, quando visita o Goiás no domingo (26), às 18h. Na mesma data e horário, o Ceará recebe o Atlético-GO.

CUIABÁ

Walter; João Lucas, Marllon, Joaquim e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Rivas) e Kelvin Osorio (Rodriguinho); André Luís (Jonathan Cafu) Felipe Marques (Valdívia) e André (Elton). T.: António Oliveira.

CEARÁ

João Ricardo; Michel Macedo, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Rodrigo Lindoso, Fernando Sobral (Geovane) e Richardson (Gabriel Lacerda); Erick (Lima), Iury Castilho (Nino Paraíba) e Cléber (Peixoto). T.: Marquinhos Santos.

Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Público: 7.512 pagantes

Renda: R$ 155.000,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

VAR: Wagner Reway (PB)

Cartões amarelos: António Oliveira (CUI); Cléber, Nino Paraíba (CEA).