Ed Carlos Rocha
De Curitiba
O meia João Santos continuará no Coritiba. Depois de dizer que estava acertando sua transferência para o Etti Jundiaí, o jogador acabou renovando seu contrato com o Alviverde por mais um ano. As bases da renovação não foram oficialmente reveladas, mas comenta-se que o jogador irá receber R$ 100 mil de luvas e mais R$ 25 mil por mês.
A questão financeira foi sempre o maior problema para que o atleta acertasse a sua permanência. Por isso, chegou-se a comentar nos bastidores que ele estaria indo para o Etti em função de uma proposta salarial bem mais tentadora, na casa dos R$ 60 mil, o que não foi confirmado nem pelo clube paulista.
Após renovar, no entanto, João disse que optou pelo Coritiba pelo fato da família já estar ambientada à cidade. Além disso, o meia afirmou ter levado em conta também a disputa do Sul-Minas, da Copa do Brasil e do Brasileiro, competições em que o Etti, na Série A2 do Campeonato Paulista, não participa.
Agora, a diretoria do Coritiba faz esforços para tentar manter o atacante Cléber. O passe do atleta foi arbitrado na Federação Paranaense de Futebol por cerca de US$ 3,5 milhões pelo fato do contrato não ter sido renovado até sete dias úteis depois do término, que aconteceu no dia 31 de dezembro. O jogador continua insistindo em receber, a vista, R$ 100 mil relativos à dívida que o clube tem com ele. O presidente do Coritiba, João Jacob Mehl, já disse que a vista não tem condições de pagar.
A equipe fará um amistoso contra o Rio Branco, de Paranaguá, às 16 horas no Centro de Treinamentos do Atuba. O treino servirá para o técnico Jair Pereira definir os titulares para a estréia na Copa do Sul-Minas, no dia 22, contra o Maringá, em Curitiba.
O time que começará jogando hoje: Gilberto; Reginaldo Araújo, Flávio, Leonardo e Leandro; Ataliba, Luis Carlos, Marquinhos e Carlos Zara; Basílio e Jackson.
Atlético – A diretoria do Atlético confirmou ontem o primeiro amistoso de 2000. Será terça-feira à noite em Maringá, contra o Grêmio Maringá. A partida servirá como preparação para a estréia da equipe na Copa do Sul-Minas contra o Avaí, no dia 23, em Curitiba.
A diretoria continua ainda atrás de reforços para atender ao pedido do técnico Oswaldo Alvarez. Como o Rubro-Negro irá disputar quatro competições apenas no primeiro semestre – Copa do Sul-Minas, Paranaense, Libertadores e Copa do Brasil – o treinador quer um grupo mais forte.