São Paulo, 26 (AE) - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou agora que a McLaren de David Coulthard, segundo colocado do GP Brasil disputado hoje em Interlagos, estava mesmo irregular na corrida - apresentou uma infração no aerofólio dianteiro. Com isso, o piloto escocês foi desclassificado da prova. Agora, oficialmente, Fisichellla ficou na segunda posição e Button pulou do 7º para o 6º lugar, entrando na zona de pontuação.
David Coulthard foi o único punido no conturbado GP Brasil deste ano. Cinco dos seis primeiros colocados estiveram sob suspeita e quatro deles só tiveram seus resultados confirmados no começo da noite. Michael Schumacher (Ferrari), Trulli (Jordan), Frentzen (Jordan) e Ralf Schumacher (Williams) foram absolvidos pela FIA. O problema é que o desgaste da prancha colocada embaixo dos carros destas equipes estava acima dos 10% permitidos pelo regulamento, mas as ondulações da pista de Interlagos serviram como justificativa para esta infração.