|
  • Bitcoin 148.840
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2185
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/04/2022, 21:53

Coritiba supera show de João Paulo e vence o Santos pela Copa do Brasil

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de abril de 2022

LUCAS MUSETTI PERAZOLLI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Santos contou com uma atuação mágica do goleiro João Paulo, mas mesmo assim perdeu por 1 a 0 para o Coritiba nesta quarta-feira (20), no Couto Pereira, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O gol foi marcado por Alef Manga, ainda no primeiro tempo. O atacante é natural de Santos, santista de coração e passou pela base do clube paulista.

O goleiro e capitão do Santos fez nove defesas importantes e evitou a classificação virtual do Coritiba numa atuação muito ruim dos visitantes. Com a derrota por 1 a 0, qualquer vitória santista por um gol de diferença levaria a eliminatória para os pênaltis. O Santos avança se vencer por dois gols de diferença no dia 12 de maio, na Vila Belmiro.

A atuação do Santos foi comprometida por erros do técnico Fabián Bustos. A escalação com Willian Maranhão, Sandry e Ricardo Goulart não funcionou. No segundo tempo, a equipe não melhorou com as substituições do treinador argentino. O desempenho foi completamente diferente da vitória sobre o próprio Coritiba por 2 a 1 no último domingo (17), pelo Campeonato Brasileiro.

O Santos voltará a campo para enfrentar o América-MG no domingo (24), na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Coritiba visitará o Atlético-MG no sábado (23)

O técnico Fabián Bustos errou na escalação do Santos. Depois da vitória por 2 a 1 na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro, o clube alvinegro foi a campo com Willian Maranhão, Sandry, Ricardo Goulart e Angulo. O Santos foi dominado pelo Coritiba, principalmente no primeiro tempo, e só não teve a eliminatória comprometida por causa das defesas de João Paulo. O Santos não melhorou no segundo tempo e o treinador acabou expulso por reclamação.

Sandry foi titular pela primeira vez desde 13 de março, na derrota do Santos para o Palmeiras pelo Campeonato Paulista. Nas redes sociais, a torcida santista cobrava a presença do camisa 6. O técnico Fabián Bustos, porém, esperou por processo de recondicionamento físico depois de sucessivos problemas: lesão no joelho em 2021, Covid-19 na pré-temporada e entorse no tornozelo. O jovem, porém, não foi correspondeu à altura.

A partida no Couto Pereira só contou com torcedores do Coritiba, assim como o jogo de volta na Vila Belmiro só terá santistas. Os clubes se juntaram nesse pedido à CBF e Ministério Público depois do conflito entre organizadas no último domingo (17), na Vila, no duelo pelo Campeonato Brasileiro.

CORITIBA

Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Andrey e Régis (Robinho); Igor Paixão, Alef Manga (Guillermo) e Clayton (Adrián Martinez). T.: Gustavo Morínigo

SANTOS

João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão (Vinicius Zanocelo), Sandry (Rodrigo Fernández) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Ângelo (Marcos Leonardo), Jhojan Julio e Bryan Angulo (Lucas Braga) T.: Fabián Bustos

Estádio: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Público: 22.281

Renda: R$ 388.130,00

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos de RJ)

Cartões amarelos: Henrique, Willian Farias, Alef Manga e Matheus Alexandre (COR); Maicon, Jhojan Julio e Lucas Pires (SFC)

Cartão vermelho: Fabián Bustos (SAN)

Gol: Alef Manga (COR), aos 23 '/1ºT.