|
  • Bitcoin 120.434
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2543
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 27/02/2022, 14:15

Corinthians vence Red Bull Bragantino, e Vítor Pereira assiste no camarote

PUBLICAÇÃO
domingo, 27 de fevereiro de 2022

YAGO RUDÁ
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - A primeira impressão do técnico Vítor Pereira em relação ao time do Corinthians foi positiva. Jogando em casa e apoiado por mais de 30 mil torcedores, o time bateu o Red Bull Bragantino, por 1 a 0, com gol chorado de Gustavo Mosquito, e encerrou a sequência de Fernando Lázaro como treinador interino de forma invicta (quatro vitórias e um empate). O desempenho coletivo do Alvinegro, no entanto, certamente não encheu os olhos do comandante português.

Tanto o Corinthians como o Red Bull Bragantino não apresentaram o melhor de seu futebol em Itaquera. A sensação térmica de 30ºC e a ausência de vento em um jogo que iniciou às 11h prejudicaram a qualidade do espetáculo e deixaram a partida lenta. Os dois times deixaram o campo exaustos e alguns jogadores precisaram ser substituídos antes do apito final.

A equipe do Parque São Jorge conseguiu o resultado com duas finalizações de Gustavo Mosquito aproveitando rebote do goleiro Cleiton após chute de Willian. O gol saiu nos minutos finais do segundo tempo depois do Corinthians muito tentar abrir o placar em Itaquera. No fim, pressão do Bragantino, porém Cássio livrou o Timão do empate em casa.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Du Queiroz, Paulinho (Gabriel Pereira), Giuliano (Mosquito) e Renato Augusto (Roni); Willian (Jô) e Roger Guedes. T.: Fernando Lázaro.

RED BULL BRAGANTINO

Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado), Léo Ortiz e Natan; Luan Cândido, Jadsom, Eric Ramires, Hyoran (Miguel) e Artur; Ytalo (Alerrandro) e Leandrinho (Bruno Tubarão). T.: Maurício Barbieri.

Estádio: Neo Química Arena, São Paulo (SP)

Cartões amarelos: Gustavo Mosquito (Corinthians); Maurício Barbieri e Alerrandro (Red Bull Bragantino)

Cartões vermelhos: -

Gols: Gustavo Mosquito, aos 35' do 2º tempo (1-0)