Corinthians vence a primeira com Osmar Loss


Daniel BatistaAgência Estado
Daniel BatistaAgência Estado
Triunfo em jogo sonolento em São Paulo alivia pressão sobre novo treinador corintiano
Triunfo em jogo sonolento em São Paulo alivia pressão sobre novo treinador corintiano | Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo



São Paulo - O Corinthians não teve uma atuação de encher os olhos, mas um gol de Jadson garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o América-MG, em casa, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira (31). Foi o primeiro resultado positivo de Osmar Loss no comando da equipe, garantido a ascensão da equipe para as primeiras colocações na tabela. Com o resultado, o Corinthians chegou ao terceiro lugar, com 14 pontos, três a menos que o líder Flamengo, próximo adversário, em partida que será realizada no Maracanã.

Na quarta-feira, Loss disse que precisava do resultado positivo para dar tranquilidade ao seu trabalho, embora não sentisse pressão sobre o cargo. Por isso, a vitória contra o América-MG serve como um marco para o treinador, que comandou a equipe anteriormente em dois jogos e só havia perdido, para Millonarios e Internacional.

A ideia do treinador, a mesma adotada por seu antecessor, Fábio Carille, é de aproveitar a paralisação da Copa do Mundo para testar um esquema tático com a volta de um centroavante. Entretanto, a impressão é que o time, que havia aprendido a ser reinventar sem uma referência na área, voltou à estaca zero neste quesito.

O primeiro tempo deixou claro a postura das duas equipes, mas foi preciso o torcedor ter muita vontade para não se deixar levar pelo marasmo das duas equipes e cair no sono. O Corinthians era quem ficava com a bola no pé, mas sem nenhum objetividade e criatividade.

A única alternativa encontrada era chegar na linha de fundo e cruzar para a área, em busca de um centroavante ou alguém que pudesse aparecer como elemento-surpresa. Por vários jogos, Rodriguinho era quem fazia tal função, mas o meia estava no ritmo dos demais companheiros e pouco apareceu.

O América entrou apostando tudo na marcação e nos contra-ataques, que até tiveram espaço para acontecer e só não se tornaram boas chances de gol por causa dos erros de passes.

No segundo tempo, o cenário mudou nos minutos iniciais, graças a um lance casual. Aos quatro, Gabriel chutou, a bola desviou em Aderlan e sobrou livre para Jadson só mandar para as redes.

A abertura do placar acordou as duas equipes por algum tempo. O América saiu do campo de defesa e chegou a arriscar alguns chutes ao gol de Walter, que precisou trabalhar mais do que na primeira etapa. Já o Corinthians também passou a ter maior movimentação e parecia disposto a marcar mais um para resolver o jogo e não ter um fim de partida em apuros.

Nos minutos finais, o volante Wesley ainda foi expulso, para a revolta dos jogadores do América. Na confusão, o atacante Luan também recebeu o cartão vermelho.

EM SÃO PAULO

Corinthians 1
Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Paulo Roberto; Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho, Mateus Vital (Júnior Dutra) e Pedrinho (Roger). Técnico: Osmar Loss

América-MG 0
Jori; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Giovanni; Christian, Juninho (Marquinhos) e Serginho; Aylon (Wesley), Luan (Ademir) e Judivan. Técnico: Enderson Moreira

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Estádio: Arena Corinthians
Renda: R$ 1.815.526,97
Público: 34.921 pagantes
Gol: Jadson, aos 4 do 2º
Expulsões: Wesley e Luan (América-MG)


Continue lendo


Últimas notícias